Radar da Bola

Festa na Ilha do Urubu: Flamengo vence Coritiba

Apesar de boa atuação, Coxa é superado pela equipe carioca no fim da partida e amarga a terceira derrota seguida no campeonato

Apesar de continuar lutando para subir na tabela e focar numa boa atuação dentro de campo, a situação segue complicada para o Coritiba. A equipe foi derrotada pelo Flamengo, por 2 a 1, na noite deste sábado (22), em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alviverde acumulou três derrotas seguidas no Brasileirão, correndo o risco de se aproximar ainda mais da zona de rebaixamento. As derrotas seguidas custaram o técnico Pachequinho, que logo após a derrota por 4×0 contra a Ponte Preta, foi demitido do Coxa. Mas a equipe paranaense já tem um novo técnico: Marcelo Oliveira assume o posto a partir da próxima rodada. Contra o Flamengo o comando foi do preparador Robson Gomes.

Um Flamengo todo amarelo, estreando seu novo uniforme, apresentou os mesmos e velhos problemas: conseguiu sair na frente, deixou o adversário empatar e sofreu para vencer (com um gol de pênalti nos acréscimos). A vitória veio para aliviar a situação do técnico Zé Ricardo, que estava há três rodadas sem vencer. Já o Coritiba conseguiu lidar muito bem com a pequena pressão rubro-negra após o gol de Berrío nos primeiros minutos do jogo, conseguindo igualar o placar no começo da segunda etapa, com gol de Henrique Almeida. E ainda teve polêmica: um gol de Guerrero anulado por impedimento duvidoso.

Berrío abre o marcador da partida

A vitória soma 28 pontos para o Flamengo, o deixando temporariamente na terceira colocação. O Coritiba, por sua vez, fica com 19 pontos, apenas quatro a mais do que a equipe que abre a zona de rebaixamento.

Flamengo supera adversário e sai na frente

Os donos da casa optaram pela postura ofensiva dentro das quatro linhas, o que fez com que comandassem o primeiro tempo de jogo. Logo aos 3’, Geuvânio abriu com Trauco na esquerda. O lateral-esquerdo levantou na área e a bola tocou no travessão. Numa nova tentativa, aos 6’, o gol aconteceu. Com um contra-ataque rápido, Geuvânio esticou para Éverton Ribeiro na esquerda. Com categoria, o camisa 7 conseguiu achar Berrío livre no meio. O colombiano dominou e tocou a bola na saída do goleiro Wilson, abrindo o placar a favor da equipe Rubro-Negra.

Aos 12’, o Coxa assustou e quase igualou a partida. Após Tomas cruzar rasteiro, Rildo disputou por baixo, mas Vaz conseguiu fazer o corte. Na sobra, Galdezani emendou de primeira, mas a bola explodiu em Arão. As tentativas frustradas de empate do Coxa desestabilizaram o time. Enquanto o Flamengo apertava a marcação, a equipe paranaense se mostrava muito lenta.

O Rubro-Negro quase fez a alegria da torcida presente na Ilha do Urubu aos 29’. Em belo lançamento de Geuvânio, Éverton Ribeiro bateu direto para o gol, exigindo de Wilson uma mergulhada em campo para espalmar e evitar o segundo gol.

Coxa alcança o empate, mas pênalti dá vitória aos Rubro-Negros

Melhor no segundo tempo, o Coritiba conseguiu o empate já no primeiro minuto. Tomas Bastos lançou para Henrique Almeida, e o atacante tocou na saída de Thiago. Criando oportunidades, o Coxa chegou a ameaçar o Flamengo. Aos 5’, Tomas Bastos levantou na área, a bola quicou no gramado e o goleiro Thiago espalmou para o lado. Mas antes disso, o lance mais polêmico da partida: Rafael Vaz recebeu na direita, cruzou rasteiro e Guerrero completou para o gol. Porém o árbitro marcou impedimento duvidoso, anulando o gol.

O Flamengo se mostrou mais desorganizado no segundo tempo. Porém mesmo sendo superior após o gol de empate, o Coxa não conseguiu a virada e nem mesmo segurar seu adversário. Os donos da casa se aproximaram do segundo gol aos 30’. Em bola levantada na área, Juan tentou de cabeça, mas ela ficou com Vaz. O zagueiro cruzou, Vinicius caiu, pediu pênalti e o jogo seguiu. Aproveitando a sobra, Guerrero emendou um voleio, que foi direto para defesa firme de Wilson.

A deficiência no ataque puniu o Coritiba nos minutos finais. Aos 46’, Vinicius Júnior foi derrubado por Márcio dentro da área e o árbitro marcou o pênalti. Everton Ribeiro cobrou com total tranquilidade, no canto oposto de Wilson, decretando a vitória Rubro-Negra.

No próximo domingo (30), o Flamengo encara o líder Corinthians, em São Paulo, às 16h. Mas antes, na quarta (26), o time decide vaga nas semifinais da Copa do Brasil, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 21h45. Já o Coxa recebe o Atlético-MG no Couto Pereira, no próximo fim de semana (30), pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 2 x 1 Coritiba

FLAMENGO (4-3-3): Thiago; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo (Lucas Paquetá), Willian Arão e Everton Ribeiro; Geuvânio (Felipe Vizeu), Berrío (Vinicius Jr) e Guerrero

Técnico: Zé Ricardo.

CORITIBA (4-4-2): Wilson; Léo, Márcio, Luizão e William Matheus; Alan Santos (Neto Berola), Jonas, Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Rildo (Filigrana) e Henrique Almeida (Alecsandro)

Técnico: Robson Gomes.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *