Radar da Bola

Cristiano Ronaldo anota hat-trick e coloca Real à um passo da final

O gajo foi o nome do jogo. Cristiano Ronaldo anotou os três gols no jogo de ida pelas semifinais da UEFA Champions League diante do Atlético de Madrid (3 a 0). O português chegou a 103 gols na história da competição e tem mais tentos que seu algoz (100). Com a vitória, o Real Madrid está a um passo da final em Cardiff.

Real impõe seu jogo

Com um Atlético desconhecido, o Real foi dominante no Santiago Bernábeu. Mesmo sem Bale (lesionado) mas com Isco em ótima fase, os merengues não deixaram seu rival impor o jogo, dificultando as saídas de bola e criando as melhores chances. A primeira chance de gol veio aos 6 minutos, Carvajal invadiu a pequena área e chutou em cima de Oblak, o goleiro rebateu nos pés de Benzema que mandou para fora. O Real apostava seu jogo na laterais, em um cruzamento que saiu o primeiro gol. O zagueiro Sergio Ramos mandou para a grande área, a defesa afastou, no rebote Casemiro mandou novamente para a área e Cristiano Ronaldo com oportunismo, subiu de cabeça e abriu o placar.

Após o gol, o Real fez uma blitz no Atlético que não conseguia sair da defesa e ao menos trocar passes. Os madrilenhos poderiam ter feito o segundo em uma cabeçada de Varane, mas Oblak fez ótima defesa. Nas poucas chances que o Atlético encontrou espaço, seus atacantes desperdiçaram. Em uma delas, Koke deu belo passe para Gameiro, o francês foi parado por Keylor Navas. O Real voltou a assustar com Modric, o croata arriscou de fora da área e mandou rente a trave direita. Aos 29 minutos, Benzema quase marca um golaço de bicicleta, o francês recebeu cruzamento de Cristiano e mandou para fora. No final da primeira etapa, Godín desperdiçou a chance de empatar o jogo, o uruguaio mandou para fora após cruzamento de Koke.

CR7 sendo CR7

A segunda etapa foi de Cristiano Ronaldo. A primeira etapa foi de total domínio do Real, a segunda foi maior ainda. Com troca de passes, jogadas envolventes e a hora exata para matar o duelo, os comandados de Zidane mostraram quem é o maior clube do mundo. Com pouca emoção no começo do segundo tempo, o argentino Simeone apostou em Fernando Torres e Gaítan. Porém, suas mudanças não surtiram efeito.

O segundo gol saiu somente aos 26, novamente de Cristiano. O camisa 7 aproveitou a divida com Filipe Luís e mandou um petardo de direita, sem chances para Oblak. O Real parecia incomodado com o placar e Cristiano insaciável, enquanto o Atlético de Madri perdido em campo. Foi então que Cristiano Ronaldo novamente entrou em ação. Aos 40 minutos, em grande jogada individual de Lucas Vásquez pela ponta direita, cruzou rasteiro, Casemiro inteligente abriu as pernas e Cristiano com tranquilidade empurrou para o fundo das redes. O atacante do Real anotou o hat-trick e se tornou o maior artilheiro em fases semifinais da Champions, com 13 gols, superando Di Stéfano (11). Além disso, o português apresenta mais um grande número pelo Real: são 88 gols em 87 jogos com a camisa merengue pela Champions.

A vitória do Real diante do seu arquirival por 3 a 0, deixou o maior campeão da história da Champions próximo da 15ª final e em busca de seu 12º troféu. Já o Atlético precisará de um milagre para reverter o placar em seu estádio. O duelo da volta será na próxima quarta feira (10).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *