Radar da Bola

Retrospecto favorece, e Palmeiras encara o inédito diante da Ponte Preta

O Palmeiras recebe a Ponte Preta no Allianz Parque no próximo sábado (22) ás 19h, tentando reverter à ótima vantagem construída pelo time do interior no primeiro jogo em Campinas, que agora poderá perder por até dois gols de diferença que chegará a mais uma final de Campeonato Paulista e enfim poder conquistar o primeiro título de sua história.

Porém a missão da Macaca não será assim tão simples como parece. O retrospecto do Verdão jogando mata-mata na sua nova casa é muito bom. Desde a inauguração do estádio em novembro de 2014, considerando somente jogos de volta, a equipe decidiu sete partidas valendo vaga ou título, e só não saiu classificado em uma, quando o time dirigido pelo então técnico Cuca empatou em 1 a 1 com o Grêmio e deu adeus a Copa do Brasil, vencida pelo próprio Grêmio no final de 2016.

Apesar do ótimo retrospecto, o time de Eduardo Baptista nunca encarou uma situação como a de agora, precisando reverter uma vantagem de três gols. Teste interessante para o time e para a torcida que terá que ser muito paciente para ajudar numa possível virada.

Na história do Campeonato Paulista nunca um clube conseguiu reverter uma vantagem de 3 gols no mata-mata.

Torcida Alviverde criou a campanha #AtéoApitoFinal, time deve lutar até o fim pela vaga. (Foto: César Greco/Palmeiras)

Outro fator positivo é a invencibilidade que o Palmeiras construiu no Allianz Parque. A equipe não perde a nove meses jogando em seus domínios, mas a missão agora não é apenas não perder, e sim ganhar por 3 gols ou mais de diferença.

Um alento para os palmeirenses pode ser se a vaga for decidida nos pênaltis. Além de contar com Fernando Prass no gol e a pressão da torcida nas arquibancadas do Allianz (mais de 34 mil ingressos vendidos), o retrospecto do alviverde em cobranças da marca da cal no seu novo estádio é de 100%. Nas duas oportunidades, o Verdão eliminou o Fluminense e o Santos, este último faturando o título da Copa do Brasil de 2015.

Porém a equipe da Ponte Preta também vem de uma decisão por pênaltis nas quartas-de-final, quando eliminou o Santos em um Pacaembu lotado de santistas. Promessa de jogo eletrizante no Palestra Itália.

Confira o retrospecto do Palmeiras em mata-mata no Allianz Parque:

Palmeiras 1 x 0 Botafogo de SP – Quartas de final do Paulistão 2015 (jogo único)

Palmeiras 5 x 1 Sampaio Corrêa – Oitavas de final da Copa do Brasil 2015 (1 a 1 na ida)

Palmeiras 3 x 2 Internacional – Quartas de final da Copa do Brasil 2015 (1 a 1 na ida)

Palmeiras 2 (4)x(1) 1 Fluminense – Semifinal da Copa do Brasil 2015 (1 a 2 na ida)

Palmeiras 2 (4)x(3) 1 Santos – Final da Copa do Brasil 2015 (0 a 1 na ida)

Palmeiras 2 x 0 São Bernardo – Quartas de final do Paulistão 2016 (jogo único)

Palmeiras 1 x 1 Grêmio – Quartas de final da Copa do Brasil 2016 (1 a 2 na ida)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *