Radar da Bola

Everton e Leicester proporcionam um jogo intenso na primeira etapa e os Toffees conquistaram mais uma vitória em casa, no Goodison Park.

Equipe da casa sai na frente do placar logo no início do jogo, toma virada na sequência, e consegue buscar os 3 pontos ainda no primeiro tempo. A vitória do Everton quebra a sequencia de vitórias do técnico do Leicester, Craig Shakespeare.

 

Resultado de imagem para everton e leicester
Neste domingo, o Everton recebeu o Leicester City no Goodison Park, partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Inglês. A equipe da casa venceu o jogo por 4 a 2. O início do primeiro tempo já começou com muita intensidade e movimentação de ambas as equipes, características típicas da Premier League.
Os Toffees abriram o placar com apenas 30 segundos de jogo. O jovem Tom Davies aproveitou sobra da bela jogada de Kevin Mirallas e tirou o zero do placar em favor dos donos da casa. Mas logo no minuto número quatro os visitantes empataram o jogo, após arrancada que começou quase na intermediária de defesa, Jamie Vardy abriu espaço e Demarai Gray serviu Islam Slimani, que empatou o placar. O Everton não tomava gol em casa desde o início de Fevereiro. Logo aos 10 minutos do primeiro tempo o Leicester já virava o placar, em linda cobrança de falta de Marc Albrighton.

Resultado de imagem para leicester albrighton

 

Após a virada do Leicester os Toffees tomaram conta do jogo. E aos 22 minutos ainda do primeiro tempo a equipe empatava a partida, em cruzamento de Barkley, o artilheiro Romelu Lukaku se antecipa aos defensores e coloca os dois time em nova igualdade. O jogão ficou maluco !!! Quando a etapa inicial se aproximava do fim, Ross Barkley perdeu um gol cara a cara com o goleiro Kasper Schmeichel. Na cobrança de escanteio, Phil Jagielka subiu e testou firme para recolocar os donos da casa em vantagem. 3 x 2 Toffees ainda no primeiro tempo e os torcedores no Goodison Park viam diante de seus olhos um primeiro tempo histórico…

Resultado de imagem para goodison Park comemoração

 

No segundo tempo a partida ficou mais morna. As equipes já apresentavam uma intensidade menor na marcação e na criação das jogadas. O Leicester já parecia mais preocupado com a partida do meio da semana contra o Atlético de Madrid, pela UCL. Já o Everton administrava o resultado. O único tento do segundo tempo saiu nos pés de Romelu Lukaku, fechando o caixão da equipe visitante. Foi seu 23º gol na Premier League; o atacante também marcou em todos os jogos que disputou em 2017 no Goodison Park.

Os Toffees conseguiram a sétima vitória seguida em casa na PL, um recorde do clube, que só perdeu um jogo diante de sua torcida neste campeonato.
Para o Leicester a derrota encerrou uma boa sequencia de vitórias. O técnico Craig Shakespeare perdeu sua primeira partida no comando da equipe e não conseguiu igualar Pep Guardiola e Carlo Ancelotti, únicos que venceram seus respectivos seis primeiros jogos de Premier League.

Lukaku comemora seu segundo gol em cima do Leicester City

 

O Everton igualou o número de pontos do Arsenal na tabela de classificação e ainda sonha com a sexta colocação. Já o Leicester, por outro lado, segue na 11ª posição, com 36 pontos.
O próximo confronto do Leicester é contra o Atlético de Madrid, fora de casa, pelas quartas de final da Champions League, na próxima quarta-feira. Já o Everton volta a campo apenas no próximo sábado, contra o Burnley, novamente em seu estádio, pela Premier League.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *