Radar da Bola

Figueirense conquista campeonato catarinense pela 18ª vez

Chapecoense perde sua invencibilidade em casa, não conquista o tricampeonato e vê o Figueirense ampliar a hegemonia estadual

A partida da final era única, sem qualquer vantagem em campo. Quem vencesse era só correr para o abraço e comemorar a conquista do Campeonato Catarinense 2018. E quem se deu melhor foi o Figueirense, que venceu a Chapecoense por 2 x 0 na tarde desse domingo (08), na Arena Condá. A Chape conseguiu levar a decisão para sua casa, já que tinha a melhor campanha na primeira fase. Somava 100% de aproveitamento em casa, além da melhor defesa (apenas oito gols sofridos em 18 partidas disputadas).

Equipe de Milton Cruz faz a festa na casa do adversário e garante o campeonato catarinense 2018

Após ficar boa parte do estadual na liderança, o Figueirense perdeu sua posição justamente para a Chapecoense. A confiança alvinegra estava na campanha como visitante, que era a melhor do Catarinense. O ataque do Figueira também funcionava melhor fora que em casa (16 gols marcados em nove jogos).

A vitória do Figueirense se construiu com um gol em cada etapa da partida. No primeiro tempo, Ferrareis carimbou a meta do Verdão, abrindo o marcador. Já na segunda etapa, Maikon Leite fechou a conta e passou a régua, garantindo a festa alvinegra na Arena Condá.

Figueira abre o marcador com direito a golaço

Se nas partidas da primeira fase quem tomava a iniciativa era a Chape, dessa vez o Figueirense partiu para cima. Demonstrando muito domínio no meio de campo. Aos 2’, Lazaroni soltou o pé de fora da área, a bola subiu e passou perto da meta de Jandrei. Mas aos 13’ a bola encontrou de forma certeira a meta. Gustavo Ferrareis arriscou chute de longe, de primeira e contou com a falha de Jandrei. O goleiro até chegou a tocar na bola, mas ela tinha destino certo: o fundo das redes.

Ficando atrás no placar, a Chape precisava avançar, já que jogava pela primeira em desvantagem dentro de casa. Porém a partida já estava configurada: os donos da casa atacavam com vigor, enquanto o Figueira tentava a jogada rápida buscando ampliação no placar. Aos 20’, Bruno Pacheco arriscou chute de longe, a bola quicou no chão e Denis saltou para fazer a defesa.

A Chape conseguiu tomar conta da posse de bola e quase empatou, aos 33’. Canteros cruzou na medida para Guilherme, que subiu e cabeceou pelo alto. Denis saltou e fez boa defesa para o Figueira. As equipes alternavam erros de passes, principalmente perto da área. Enquanto a Chape tentava pressionar, o Figueira estava bem postado na defesa e com o placar a seu favor.

Figueirense amplia placar e se consagra campeão do Catarinense 2018

Gilson Kleina partiu para o tudo ou nada no segundo tempo, apostando suas fichas nas entradas de Apodi e de Vinícius. Aos 7’, Guilherme cobrou escanteio na primeira trave, a zaga do Figueira afastou e na sequência Márcio Araújo arriscou o chute. A bola foi por cima do gol de Denis. Enquanto os donos da casa levavam pressão para o campo de ataque, o Figueirense conseguiu ganhar terreno para os contra-ataques.

O empate passou perto duas vezes. Aos 13’, em belo lançamento de Canteros para Apodi, o lateral se jogou e tocou para Guilherme. O meia chutou de primeira e isolou o lance. No minuto seguinte, Wellington Paulista recebeu na entrada da área, dominou no peito e mandou o chute rasteiro. Denis caiu bem e salvou o Figueirense.

Aos 35’, Canteros bateu a falta com maestria, e a bola explodiu no travessão do Figueirense. Quase o empate! Mas não tinha jeito, era para ser do Figueirense. Maikon Leite entrou em campo, aos 32’, para consagrar a vitória dos visitantes. Aos 40’, André Luis deu lindo passe para Maikon Leite na entrada da área. O atacante avançou e tocou por baixo de Jandrei, que nada pôde fazer. Restou ao goleiro do Verdão do Oeste ficar parado diante da torcida que já comemorava o 18º título catarinense do Figueira.

Tanto a Chapecoense quanto o Figueirense voltam suas atenções para o Brasileirão. Na próxima sexta-feira (13), o Alvinegro estreia na Série B diante do Juventude. A partida será no estádio Orlando Scarpelli, às 21h30. No domingo (15), é a vez da Chape enfrentar o Atlético-PR, em partida válida pela primeira rodada da Série A. O jogo é às 19h, na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 0 x 2 Figueirense

CHAPECOENSE (4-4-2): Jandrei; Eduardo (Apodi), Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Luiz Antonio (Vinícius) e Canteros; Guilherme (Arthur Caíke) e Wellington Paulista

Técnico: Gilson Kleina.

FIGUEIRENSE (4-4-2): Denis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo e Lazaroni; Zé Antônio, Betinho (Pereira), Renan Mota (João Lucas), Jorge Henrique e Ferrareis (Maikon Leite); André Luís

Técnico: Milton Cruz.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *