Radar da Bola

O Palmeiras de Roger Machado

O técnico Roger Machado completa nesta terça (2) um mês como comandante do Palmeiras. Durante esses trinta dias comandou a equipe em quatro jogos obtendo 100% de aproveitamento.

Nessas partidas, Roger já conseguiu implantar a sua filosofia de jogo, e se analisarmos calmamente as jogadas da equipe, já percebemos diversos conceitos aplicados dentro das quatros linhas.

O primeiro e mais fundamental deles, é a adoção do moderno esquema 4-1-4-1. Nele, o time utiliza uma primeira linha com quatro defensores, seguido por um volante sozinho e mais a frente outra linha de quatro preenchendo assim o meio campo, e para completar a equipe um centroavante isolado no ataque.

4-1-4-1 tradicional

4-1-4-1 tradicional

Outra mudança tomada em relação as filosofias de Cuca e Alberto Valentim, são o jeito de marcar defensivamente. Diferente de seus antecessores, Roger prefere utilizar a marcação feita por zona (espaço) e não mais os encaixes individuais, característica presente e muito contestada nos últimos dois anos na equipe alviverde.

Também na defesa, o time empregou a conhecida saída de três, que consiste em liberar os laterais na reposição de bola e afundar o 1º volante, produzindo assim uma saída com três jogadores e com mais qualidade no passe, evitando chutões e buscando sempre toques rápidos juntamente com triangulações.

E para completar, Roger inseriu um diferente modo de trazer amplitude e profundidade a equipe, baseando – se nos seus dois laterais, que diferentemente de anos anteriores buscam sempre apoiar o jogo, participando de jogadas na linha de fundo (profundidade) e aumentando o espaço a ser explorado pela equipe nas laterais (amplitude).

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *