Radar da Bola

Com o agregado de 7 a 2, Grêmio avança às semi e luta pelo hexa

A vantagem de 4 a 0 do Grêmio poderia fazer o jogo de volta com o Atlético-PR, nesta quinta-feira, sem graça. No entanto, as duas equipes entraram com escalações modificadas e deram emoção a uma partida quase jogada. O resultado foi um 3 a 2 de certa forma até movimentado, com o Tricolor classificado para a semifinal da Copa do Brasil e mostrando bom nível na Arena da Baixada. Mesmo sem titulares, manteve o estilo e jogou quase por música. O Furacão até tentou, mas não conseguiu voltar a vencer.

O Grêmio é só alegria. São cinco jogos sem perder no Brasileirão, classificado para a semifinal da Copa do Brasil (repetindo o confronto contra o Cruzeiro, na mesma fase, da edição de 2016 – quando sagrou-se pentacampeão diante o Galo) e empolgado na luta para alcançar o líder Corinthians no Brasileirão. Mesmo com um time mesclado, o time conseguiu sair com a vitória na Baixada. Na Libertadores, a vitória fora de casa por 1 a 0 sobre o Godoy Cruz também deixa o time bem encaminhado.

A crise do Atletico-PR só aumenta com a desclassificação na Copa do Brasil. O time não sabe o que é vencer no Brasileiro há seis rodadas, enquanto também está em situação complicada na Libertadores, onde precisa reverter na Vila Belmiro uma derrota de 3 a 2 na Baixada. Antes disso, o técnico Fabiano Soares precisa vencer a sua primeira partida dirigindo o Furacão. Contra o Grêmio ele completou cinco jogos sem o gosto dos três pontos.

O Grêmio agora espera a definição de datas e mandos de campo para a semifinal com o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Trata-se da 13ª vez que o Tricolor chega nesta fase, desde o início da competição nacional – em 1989. Antes disso, o time tem o Brasileirão pela frente em uma partida contra o Santos, em casa, neste domingo. O Atlético-PR se concentra também no Brasileirão para o jogo contra o Vasco, na segunda-feira, às 20 horas, no Raulino Pereira.

ATLÉTICO-PR 2 X 3 GRÊMIO – COPA DO BRASIL – QUARTAS DE FINAL

Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro (trio de SP)

Amarelos: Nicolas (Atlético-PR); Brassan (Grêmio)

Gols: Atlético-PR – Pablo (15’/1ºT) e Felipe Gedoz (46’/2ºT); Grêmio – Pedro Rocha (26’/1ºT e 34’/2ºT) e Everton (24’/2ºT).

Atlético-PR: Weverton; Cascardo, Wanderson,Cleberson e Nicolas (Sidcley); Eduardo Henrique (Eduardo da Silva), Rosseto, Matheus Anjos e Felipe Gedoz; Douglas Coutinho (Iago) e Pablo. Técnico: Fabiano Soares

Grêmio: Marcelo Grohe; Leonardo, Bressan, Kannemann e Marcelo Oliveira (Cortez); Jailson (Everton), Michel e Ramiro (Kaio); Fernandinho, Pedro Rocha e Luan. Técnico: Renato Gaúcho

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *