Radar da Bola

Mais um empate para a coleção do Grêmio!

Novo Hamburgo e Grêmio se enfrentaram na noite desta quarta (22) no Estádio do Vale, pela nona rodada do Campeonato Gaúcho e fizeram um jogo muito disputado no aspecto da marcação cerrada e um número alto de faltas, porque no futebol…

O resultado não poderia ser outro se não um empate em 1×1, que manteve o Novo Hamburgo na liderança, agora com 19 pontos e o Grêmio na terceira posição, com 14. Na próxima rodada, a penúltima da primeira, o Noia visita o Brasil em Pelotas no domingo às 19:30, enquanto o Tricolor enfrenta o Juventude na Arena, às 19h de sábado.

1° Tempo

Para quem gosta de futebol, foram 45 minutos de um jogo difícil de se ver, pois os desfalques do Grêmio fizeram falta mais uma vez, os volantes novamente não deram segurança à defesa e o setor ofensivo do Imortal sofreu sem um armador de fato, pois Luan ainda não se adaptou à nova função.

Aos 7 minutos, Everton tocou para Pedro Rocha, que mandou sobre o gol de Matheus. A partida continuou morna e com muitas faltas. Aos 19, Pedro Rocha partiu em velocidade, mas parou no goleiro anilado, a bola sobrou para Everton, que perdeu a disputa com Assis. As equipes não conseguiam criar e o duelo deu até sono em quem assistia. Os donos da casa atacaram aos 32, em um desvio de Pablo que Léo pegou sem problemas. E foi só.

2° Tempo

Na etapa final, os times vieram mais dispostos e o jogo melhorou um pouco. Com 17 minutos, Juninho passou por Léo e cruzou para Branquinho, que arrematou para Thyere salvar o Grêmio em cima da linha. Pouco depois, Gastón Fernández, que entrara aos 15 na vaga de Pedro Rocha, recebeu de Luan e chutou para o gol, mas mandou por cima, com perigo. No entanto aos 28, após erro de passe de “La Gata” para Michel, Conrado encontrou Juninho partindo pela direita e o meia não perdoou: Novo Hamburgo 1×0. Festa da torcida do líder do Gauchão.

O Grêmio sentiu o gol mas não se abateu. Após entradas de Fernandinho e Lincoln, os visitantes partiram para cima nos minutos finais, meio desorganizado é verdade, na base do tradicional “abafa”. Aos 42 minutos, Ramiro cruzou para Gastón, que desviou em cima da zaga e ganhou escanteio. No minuto seguinte, Léo Moura cruzou para a cabeçada de Marcelo Oliveira, que passou perto do gol. A pressão final surtiu efeito aos 45, quando Marcelo Oliveira retribui o cruzamento de Léo Moura. O camisa 88 dominou na área e chutou forte para deixar tudo igual e decretar o 4° empate seguido do Imortal no estadual: Novo Hamburgo 1×1 Grêmio.

Após a partida, o técnico Renato Gaúcho afirmou estar aguardando pelos jogadores que estão retornando do departamento médico, caso de Edílson, Maicon, Geromel e Grohe, para escalar um time mais qualificado para os próximos confrontos do time e disse para a torcida não se preocupar, pois na “hora da verdade” o time estará pronto. Lembrando que após o Juventude no sábado, o Grêmio fecha a primeira fase contra o São Paulo em Rio Grande, na quarta.

Ficha Técnica

Novo Hamburgo (1): Matheus; Renan, Pablo, Julio Santos, Assis; Amaral, Jardel, Preto (Conrado), Juninho (Brida); Branquinho (Lucas Santos) e João Paulo. Técnico: Beto Campos.

Grêmio (1): Léo; Léo Moura, Thyere, Kannemann, Marcelo Oliveira; Jailson (Fernandinho), Michel (Lincoln), Ramiro, Luan, Everton; Pedro Rocha (Gastón Fernández). Técnico: Renato Gaúcho.

Cartões Amarelos: Jardel, Preto, Branquinho (NVH).

Gols: Juninho 28′ 2°T; Léo Moura 45′ 2°T.

One Comment

  1. Maikon dos Santos

    março 23, 2017 at 9:45 pm

    Com os desfalques o Grêmio sentiu a perda e os jogadores que entram sem tempo pro Renato inventar algo novo com o que tem no elenco que em 2 e 2 dias tem jogo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *