Radar da Bola

São José e Paulista de Jundiaí seguem firme em busca do acesso

Equipes acostumadas a postular entre os grandes do futebol paulista e brasileiro, mas que hoje atravessam uma situação bem diferente, São Jose e Paulista de Jundiaí buscam voltar ao rumo das vitórias recomeçando no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, equivalente a quarta divisão de São Paulo.

Ambas equipes jogaram neste domingo (26) na abertura da 3º fase da competição e venceram.

O São José goleou a Francana por 4×2 pelo grupo 10, enquanto o Paulista bateu o Primavera de Indaiatuba por 3×0.

Paulista estréia com vitória na 3º fase da 2º divisão. Foto: Gustavo Amorim/Paulista FC

Pela segunda rodada, no próximo fim de semana, as equipes jogarão fora de seus domínios. A Aguiá do Vale vai até Ribeirão Preto enfrentar o Comercial, enquanto o Galo de Jundiaí viaja até Bebedouro, onde medirá forças contra o Inter.

São José bateu a Francana nesse domingo, 26. Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com

As duas melhores equipes de cada grupo avançam para a fase semifinal. Apenas o campeão e o vice garantem vaga para a Série A-3 em 2019.

Campanhas

Na 1º fase as equipes integravam o grupo 4, que ainda contou com Guarulhos, Flamengo de Guarulhos, Amparo, Joseense, União e Atlético de Mogi das Cruzes.

Se enfrentaram por duas vezes, uma vitória do Paulista por 3×0 em Jundiaí e um empate por 1×1 em São José dos Campos.

Mesmo assim o São José terminou na terceira colocação, com 28 pontos e o Paulista ficou com um ponto a menos, na quarta posição.

Na 2º fase a Águia terminou na liderança do grupo 9, que ainda contou novamente com Guarulhos e Flamengo, alem da equipe do Mauá. Já o Galo ficou com a segunda posição do grupo 8, atrás do Comercial. O grupo ainda contou com Bandeirante de Birigui e Itapirense.

História – São José

O São José ganhou destaque no cenário nacional no começo dos anos 80, quando subiu para a primeira divisão do Campeonato Paulista, em 1981.

No ano seguinte, a ótima campanha no estadual lhe rendeu uma vaga na elite do futebol nacional, o que voltaria a acontecer apenas em 1990, após o segundo lugar na Série B de 1989.

Em 1983 voltou a cair para a segunda divisão paulista e só voltou para a Série A-1 em 1988, quando chegou às semifinais.

Em 1989 conseguiu chegar a final do Paulistão contra o São Paulo, não conseguindo o título.

Equipe vice campeã paulista de 1989. Foto: Arquivo Museu de Esportes de São José dos Campos

Sua última participação na elite paulista foi em 1999. Oscilou entre entre as Séries A-2 e A-3 até ser rebaixado para a Segunda Divisão em 2017.

História – Paulista

Na década de 90 que o clube começou a se destacar no futebol paulista. As parcerias com as empresas Lousano e Parmalat alavancaram o Galo, e o colocaram de volta a primeira divisão do estado e a segunda divisão nacional.

Mas em meados dos anos 2000 que o Paulista também ficou conhecido nacional e internacionalmente. Em 2004, chega a final do Campeonato Paulista, mas perde o título para o São Caetano.

Em 2005, o ápice, com a conquista da Copa do Brasil, em cima do Fluminense, com o estádio Jaime Cintra abarrotado. E detalhe, nessa competição, bateu apenas clubes da primeira divisão nacional.

Jogadores comemorando a conquista da Copa do Brasil de 2005. Entre eles o goleiro Victor, hoje no Atlético-MG e Cristian, ex- Corinthians. Foto: Rivelino Teixeira/ TVE Jundiaí

No ano seguinte debuta na Taça Libertadores da América, mas não consegue avançar para as oitavas de final, terminando em último no seu grupo. Destaque para a vitória frente ao River Plate da Argentina por 2×1, em Jundiaí.

Entre 2007 e 2014 só conseguiu boas campanhas na Copa Paulista, mas amargou rebaixamentos no estadual e no campeonato nacional.

Em 2016 disputa a Série A-3 do Paulista e é rebaixado para a Segunda Divisão após uma campanha sofrível.

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *