Radar da Bola

Atlético-PR vence Vasco na Arena da Baixada e sobe na tabela

Em partida adiada da 15ª rodada, Furacão marcou o gol único da partida e garantiu a vitória diante de sua torcida

O Furacão derrotou o Vasco por 1 a 0 e conseguiu aumentar para quatro pontos de distanciamento da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro 2018. O gol da vitória atleticana saiu na segunda etapa da partida, graças a Raphael Veiga.

Raphael Veiga foi o responsável pelo gol da vitória do Atlético-PR em cima do Vasco

Com mais essa vitória o Atlético-PR completa oito jogos sem derrotadas, entre partidas disputadas pelo Brasileirão e pela Sul-Americana. A vitória também dá um gás na briga para escapar do rebaixamento. Com o resultado do jogo, a equipe paranaense soma 24 pontos e pula para a 13ª posição da tabela. O Vasco caiu para a 15ª, também somando 24 pontos.

Desperdícios em ambos os lados

O Furacão iniciou a partida investindo em jogadas pelo lado esquerdo do ataque e conseguiu a primeira grande chance do jogo. Aos 5’, Veiga bateu escanteio e Zé Ivaldo subiu mais que Raul na pequena área para cabecear. A bola passou muito próxima da trave esquerda. Aos 15’, Wellington fez bela jogada individual na entrada da área e rolou a bola para Marcinho, mas o meia foi desarmado pela defesa ao tentar finalizar.

Aos 25’, o Furacão estava melhor em campo, mas o goleiro Santos quase dá de presente o gol para o adversário. O camisa 1 saiu jogando errado e a bola caiu nos pés de Vinícius Araújo. O atacante driblou Zé Ivaldo e bateu de canhota, mas a bola foi apenas para a linha de fundo. A resposta atlética foi no minuto seguinte, quando o Vasco saiu jogando errado, dando a chance dos donos da casa montarem o contra-ataque. Pablo invadiu a área pela direita e chutou cruzado. Martín espalmou e a zaga afastou na sequência.

Aos 30’ a defesa atleticana abriu espaço para o Vasco atacar e o gol só não saiu graças ao goleiro Santos. Pikachu bateu escanteio da direita, e Santos saiu mal do gol. A bola sobrou para Raul, que furou de primeira, mas acertou na segunda. Santos se recuperou e conseguiu fazer a defesa.

Já aos 43’, o Furacão recuperou a bola no meio-campo. Veiga deu uma caneta em Pikachu e lançou Plata. Andrey furou e o colombiano ajeitou para Pablo, mas Martín saiu do gol e fez a defesa.

Aos 47’ o Vasco saiu em contra-ataque pelo meio. Lucho disputou a bola com Raul, e a sobra ficou para Pikachu na área. Porém o auxiliar assinalou impedimento. E assim acabou o primeiro tempo de jogo. Partida morna, com um Atlético-PR comandando a posse de bola, mas oferecendo pouca ameaça de. Já o Vasco abusou dos contra-ataques, mas desperdiçou.

Atlético-PR desencanta e consegue marcar o gol da vitória

O Furacão voltou todo no ataque para o segundo tempo de jogo. Com 1’ de bola rolando, Renan Lodi cruzou da esquerda. Pablo e Luiz Gustavo caíram, a bola desviou em Bruno Silva e passou rente à trave direita. Aos 2’, Veiga bateu escanteio da direita, Léo Pereira ajeitou de cabeça e Zé Ivaldo girou para finalizar. A bola passou perto da trave esquerda.

Dando sequência nas tentativas de abrir o placar, aos 3’ Raphael Veiga bateu falta da esquerda e jogou a bola na área, por baixo. Zé Ivaldo finalizou no segundo pau e acertou o travessão.

Aos 9’ o Vasco resolveu arriscar também, mas sem perigo. Em contra-ataque rápido, Raul recebeu na entrada da área, driblou dois e bateu firme, mas foi bloqueado. Na sequência, Ríos cruzou rasteiro e Zé Ivaldo apenas cortou para escanteio.

Após tanta insistência do Atlético-PR, o gol da vitória finalmente saiu. Aos 18’, Léo Pereira cruzou da esquerda e achou Raphael Veiga livre na área. O meia atacante se agachou e cabeceou, sem chance de defesa para o goleiro Martín Silva. O Vasco tentou buscar o gol de empate aos 24’. Pikachu foi lançado na área pela direita. Ele dominou e chutou firme, no canto esquerdo, mas Santos conseguiu fazer a defesa.

Já aos 34’, Andrey bateu forte no meio do gol. Santos espalmou e depois fez a defesa. O goleiro ainda sofreu falta de Vinícius Araújo. Aos 38’ o Vasco teve mais uma chance. Lenon roubou a bola pela direita e fez o cruzamento. Pikachu dominou e bateu colocado, mas Zé Ivaldo tirou de cabeça. A última tentativa do gol de empate do Vasco foi também o último lance da partida. Aos 48’, Moresche fez o cruzamento e achou Vinícius Araújo livre na área. O atacante, de costas para o gol, desviou de cabeça e mandou para fora.

No próximo sábado (1º/09), às 19h, a equipe cruz-maltina enfrenta o Santos, no Maracanã. O Furacão, no domingo (2), às 16h, recebe o Bahia na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

Atlético-PR 1 x 0 Vasco

ATLÉTICO-PR (4-5-1): Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães) e Raphael Veiga; Bruno Nazário (Márcio Azevedo), Marcinho (Anderson Plata) e Pablo

Técnico: Tiago Nunes.

VASCO (4-4-2): Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato (Thiago Galhardo), Andrey (Moresche), Raul e Yago Pikachu; Vinícius Araújo e Andrés Rios (Kelvin)

Técnico: Alberto Valentim.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *