Radar da Bola

Atlético está eliminado da Copa do Brasil

O Cruzeiro saiu na frente, a equipe paranaense conseguiu alcançar o empate, mas o resultado não foi suficiente para impedir a eliminação do campeonato

O Furacão ficou apenas no empate com o Cruzeiro em 1 a 1, no Mineirão, e está fora da Copa do Brasil. Após a derrota no jogo de ida por 2 a 1, em casa, o Rubro-Negro paranaense precisava vencer por dois gols de diferença para conseguir avançar no tempo normal, porém não conseguiu reverter a desvantagem.

Cruzeiro sai na frente, Atlético-PR consegue o empate, mas é eliminado da Copa do Brasil

O jogo foi marcado pela estreia do técnico Tiago Nunes na equipe principal. Em campo o time manteve a maior posse de bola, mas o grande número de erros e desperdícios na finalização foram cruciais para a eliminação.

Fora da Copa do Brasil, o Atlético volta todas as suas atenções nessa semana para o Campeonato Brasileiro, precisando vencer a próxima partida para deixar a zona de rebaixamento. O Furacão ainda tem a Sul-Americana pela frente. Na segunda fase do campeonato internacional, os paranaenses enfrentarão o Peñarol. Por sua vez a Raposa, classificada para as quartas de final da Copa do Brasil, enfrentará o Santos no Mineirão.

Primeira etapa truncada e de poucas chances

Estreando na equipe principal, o técnico Tiago Nunes alterou toda a formação da equipe. As principais novidades ficaram por conta da volta de Jonathan na lateral-direita e Raphael Veiga no ataque.

Durante o primeiro tempo de jogo, o Atlético-PR teve maior posse de bola, porém o perigo levado a meta do goleiro Fábio foi pouco. Aos 12’, a equipe celeste encontrava dificuldades para sair da defesa. O Furacão pressionava bastante a zaga e o meio-campo. Porém a partida seguiu sonolenta e de maneira totalmente truncada.

Aos 36’ aconteceu a primeira finalização da partida. O atacante Pablo recebeu em profundidade pela direita, mas chutou fraco e Fábio encaixou com facilidade. Enquanto isso, no lado do adversário, os mineiros criaram a melhor chance nos minutos finais da primeira etapa. Aos 44’, Sóbis recebeu na direita e, mesmo de longe, chutou para grande defesa de Santos, que evitou que a bola entrasse na gaveta.

Empate elimina Atlético-PR

A equipe atleticana continuou apresentando dificuldades na finalização na segunda etapa. Aos 21’, Raniel tabelou com Arrascaeta, driblou o goleiro Santos, caiu e pediu pênalti. Porém o árbitro entendeu que o atacante simulou a falta e nada marcou. Já aos 27’, Edilson recebeu pelo meio e arriscou de fora da área. O goleiro Santos apenas espalmou pela linha de fundo.

No momento em que o Furacão ainda buscava sair na frente para continuar vivo na briga pela classificação, o Cruzeiro aproveitou falha da defesa e marcou o primeiro gol. Aos 40’, em contra-ataque, Raniel encontrou Robinho na área, e o meia escorou para Arrascaeta, que ganhou de Paulo André na dividida e completou com a perna direita para balançar as redes.

Mesmo em desvantagem, a equipe paranaense não desistiu e conseguiu o empate nos acréscimos da partida. Aos 46’, Bergson recebeu lançamento, deu chapéu em Dedé e finalizou firme, com a perna direita, para as redes de Fábio. Porém, o gol não foi o suficiente para evitar a eliminação.

Cruzeiro e Atlético-PR voltam a jogar na quinta-feira, em compromissos válidos pelo Brasileirão. A Raposa recebe o América-MG no Mineirão, às 19h30. O Furacão, por sua vez, jogará na Arena da Baixada contra o Internacional, às 21h.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 1 x 1 Atlético-PR

CRUZEIRO (4-5-1): Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, De Arrascaeta, Rafinha (Robinho) e Thiago Neves (Raniel); Rafael Sóbis (David)

Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO-PR (4-5-1): Santos; Jonathan (Bergson), Thiago Heleno, Paulo André e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Matheus Rossetto e Lucho González (Marcinho); Raphael Veiga (Guilherme), Nikão e Pablo

Técnico: Tiago Nunes.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *