Radar da Bola

Festa africana! Senegal derrota Polônia em retorno à Copa

Saiu a primeira vitória do continente africano na Copa do Mundo 2018. E quem foi responsável pelo triunfo foi Senegal que volta o Mundial após 16 anos. No estádio do Spartak, em Moscovo, os senegaleses foram melhores do que a Polônia  e venceram por 2 a 1.

Jogadores festejam em um dos gols de Senegal. Patrik STOLLARZ

No primeiro tempo, as duas equipes não empolgaram na partida. A Polônia manteve a posse de bola na maior parte do tempo, mas sem poder ofensivo para ameaçar o goleiro Africano N’Diaye. O Senegal que jogava mais no contra ataque inaugurou o placar aos 37 minutos.  O meio-campista Idrissa Gana Gueye recebeu na entrada da área,  bateu, a bola foi cortada pelo zagueiro Thiago Cionek para o próprio gol enganando o goleiro Wojciech Szczesny, 1 a 0.

Depois do intervalo, os poloneses tentaram uma reação, no entanto, Niang ampliou o placar para o Senegal aos 15 minutos do segundo tempo, após uma bobeada da defesa polonesa. Os poloneses diminuiu o placar perto do final, com Krychowiak, mas já era tarde demais. 2 a 1.

Com este resultado, o Senegal cola-se ao Japão na liderança do grupo H com 3 pontos casa. Pela segunda rodada, às 12h (horário de Brasília) deste domingo, 24, o Senegal disputa a liderança isolada da chave com os japoneses, em Ecaterimburgo. Às 15h do mesmo dia, na Arena Kazan, a Polônia tenta a recuperação contra a Colômbia

FICHA TÉCNICA
POLÔNIA 1 x 2 SENEGAL

Local: Estádio Spartak, em Moscou (Rússia)
Data: 19 de junho de 2018 (Terça-feira)
Horário: 12 horas (de Brasília)
Árbitro: Shukralla (Bahrein)
Assistentes: Tulefat Yaser (Bahrein) e Al Marri Taleb (Catar)
Cartões amarelos: Krychowiak (POL); Sané, Gueye (SEN)
Gol:
POLÔNIA:
 Krychowiak, aos 40 minutos do 2º Tempo
SENEGAL: Cionek (contra), aos 37 minutos do 1º Tempo, e Niang, aos 15 minutos do 2º Tempo

POLÔNIA: Szczesny; Piszczek (Bereszynski), Cionek, Pazdan e Rybus; Blaszczykowski (Bednarek), Krychowiak, Zielinski e Grosicki; Milik (Kownacki) e Lewandowski
Técnico: Adam Nawalka

SENEGAL: N’Diaye; Wagué, Koulibaly, Sané e Sabaly; Mane, N’Diaye (Kouyaté), Gueye e Ismaila; Diouf (N’Doye) e Niang (Konaté)
Técnico: Aliou Cissé

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *