Radar da Bola

América consegue virar o jogo e vence o Atlético-PR

Rubro-Negro sai na frente, mas sofre o revés e cede vitória ao América. Equipe mineira tem se destacado como mandante no Brasileirão 2018

Depois de voltar a se encontrar com a vitória na última rodada, o Furacão tropeçou e foi derrotado pelo América-MG, por 3 a 1, na tarde deste domingo (03), em Belo Horizonte. A partida foi compromisso válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Furacão sai na frente, mas cede e América consegue virar e garantir a vitória

A equipe paranaense até conseguiu sair na frente no placar, mas novamente as bolas cruzadas foram vilãs. A comemoração nem foi feita direito após o gol aos 38’, e no minuto seguinte o América conseguiu o empate. A história se complicou no segundo tempo, quando o Coelho marcou mais dois e decretou a vitória.

O resultado deixa o Rubro-Negro próximo à zona de rebaixamento. Somando 9 pontos, o time está na 16ª colocação, uma acima da primeira equipe dentro do Z-4. Com a vitória de hoje, o América-MG chegou aos 13 pontos, subindo uma posição, ocupando a 11ª colocação.

Furacão sai na frente, mas cede empate

O primeiro tempo de jogo foi de bastante movimento para as duas equipes, com criações de ambos os lados. O primeiro a assustar a meta adversária foi o Furacão. Aos 6’, após chegada rápida do Atlético pela esquerda, a bola foi cruzada para Pablo em meio à marcação. Matheus Ferraz conseguiu dar um toquinho na bola, a tirando do atacante atleticano. A resposta do time da casa foi aos 12’, quando Gerson Magrão fez o passe para Serginho dentro da área. O meia chutou com força, mas em cima do goleiro Felipe Alves, que conseguiu desviar a bola.

Aos 18’ o Furacão teve grande chance, mas desperdiçou. Pablo recebeu na frente do goleiro Jori, mas errou o chute e perdeu boa oportunidade de marcar. O Furacão voltou a assustar os mandantes aos 30’. Na cobrança de falta rasteira, Nikão deixou a bola passar e Carleto encheu o pé na entrada da área. Porém a bola foi mandada no meio do gol, onde estava Jori preparado. Logo em seguida o Coelho tentou e quase conseguiu por duas vezes. Na primeira, Norberto recebeu e fez bonito girando para encher o pé para o gol. A bola passou pertinho da trave do goleiro Felipe Alves. Logo depois Juninho cruzou a bola na esquerda para o segundo pau, onde Carlinhos estava bem posicionado e o goleiro Felipe Alves totalmente rendido. Ele tocou na bola, mas ela saiu tirando tinta da trave atleticana.

As chances para ambos os lados seguiram até que os visitantes conseguiram finalmente marcar o gol. Aos 38’, na cobrança de falta, Rossetto passou por cima da bola, e Carleto chegou para a pancada com força, que atravessou a barreira e Jori. O goleiro ainda tocou na bola, mas não foi suficiente para segurar a bomba. A resposta dos mandantes foi no minuto seguinte. Após a cobrança de escanteio curta, Judivan fez a defesa da bola em meio a três marcadores e ainda encontrou espaço para o passe para Serginho, que mandou de letra para o gol.

América corre trás do prejuízo e consegue a vitória

Na volta para o segundo tempo, o Furacão teve oportunidade de ampliar o placar logo aos 10’. Thiago Heleno recebeu na área, girou bonito e ainda se livrou do marcador. Só tinha o goleiro e o travessão. O zagueiro chutou com tanta força, que a bola explodiu no travessão do goleiro Jori. Aos 23’ o Atlético-PR chegou novamente trabalhando a bola e com passes para todos os atacantes dentro da área. Pablo passou para Nikão, que pegou mal e sem perigo.

Enquanto o Furacão não soube aproveitar as oportunidades, o América-MG conseguiu ser efetivo. Aos 30’, depois da bola recuperada no meio de campo, Aylon foi lançado pela esquerda e cruzou na área para Serginho cabecear para baixo e mandar por baixo das pernas do goleiro Felipe Alves.

Aos 40’, Serginho viu abrir um espaço e mandou um chute forte no meio de gol. O goleiro Felipe Alves conseguiu ir na bola e a viu passar por cima do gol. Mais tarde, aos 44’, a equipe mineira fechou o placar. A bola foi de cima na entrada da área, quando Cristian dominou e segurou tirando toda a marcação e ainda livrou Ademir, que recebeu e tocou para as redes.

Na próxima rodada, a 10ª do campeonato, o América-MG faz mais um jogo em casa.  Clássico mineiro, o Coelho enfrenta o Atlético-MG, na quinta-feira (7), às 21h. Na quarta-feira (6), em Recife, o Furacão encara o Sport, às 21h.

FICHA TÉCNICA

América-MG 3 x 1 Atlético-PR

AMÉRICA (4-4-2): Jori; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos (Giovanni); Christian, Juninho, Serginho e Gerson Magrão (Ademir); Aylon e Judivan (Aderlan)

Técnico: Enderson Moreira.

ATLÉTICO (3-6-1): Felipe Alves; Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Wanderson (Raphael Veiga); Matheus Rossetto (Bergson), Camacho, Lucho González e Thiago Carleto (Renan Lodi); Nikão, Guilherme e Pablo

Técnico: Fernando Diniz.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *