Radar da Bola

A Musa da Nigéria! Atacante brilha e comanda vitória contra a Islândia

Ahmed Musa viveu uma tarde inspirada nesta sexta-feira (22), em Volgograd. O atacante da Nigéria marcou dois belos gols diante da Islândia e garantiu o primeiro triunfo do time nigeriano na Copa do Mundo, por 2 a 0. Esse resultado foi bom para a Argentina, que vai precisar vencer a equipe africana na última rodada e torcer para os islandeses não derrotarem a já classificada Croácia para avançar as oitavas de final.

Jogadores em comemoração do segundo gol da Nigéria. (FP/Mark Ralston)

A Islândia iniciou bem a partida. O principal jogador do time, Sigurdsson quase abriu o placar duas vezes, mas o goleiro nigeriano Uzoho evitou o gol. Após os islandeses pressionaram, a Nigéria conseguiu equilibrar a partida, mas sem oportunidades claras de ameaçar o goleiro europeu.

No entanto, no segundo tempo o atacante nigeriano Musa desencantou. Logo aos três minutos em um rápido contra-ataque pela direita, Moses passou a bola para o camisa 7, que dominou e chutou forte para balançar as redes, 1 a 0. Após o gol seleção africana se animou, enquanto a Islândia sentiu o golpe e recuou. Aos 29, Musa recebeu na esquerda, passou bonito pela marcação, driblou o goleiro e ampliou a vantagem 2 a 0.

Nos minutos finais, os islandeses tiveram um pênalti marcado pelo árbitro de vídeo. Mas Sigurdsson jogou a oportunidade de reagir para o espaço ao bater por cima da meta. Com isso, a vitória dos nigerianos ficou garantida.

FICHA TÉCNICA
NIGÉRIA 2×0 ISLÂNDIA

Local: Arena Volgogrado, em Volgogrado (Rússia)
Data: 22 de junho de 2018 (Sexta-feira)
Horário: 12h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Matthew Conger (Nova Zelândia)
Assistentes: Simon Lount (Nova Zelândia) e Tevita Makasini (Tonga)
Cartões amarelos: Idowu (Nigéria)
Gols:
Nigéria: Musa aos três e aos 29 minutos do 2°T

NIGÉRIA: Francis Uzoho; Kenneth Omeruo, William Troost-Ekong, Leon Balogun e Brian Idowu (Tyronne Ebuehi); Onyinye Ndidi, Oghenekaro Etebo (Alex Iwobi) e John Obi Mikel; Ahmed Musa, Victor Moses e Kelechi Iheanacho (Odion Ighalo)
Técnico: Rohr Gernot

ISLÂNDIA: Hannes Thor Halldorsson; Birkir Mar Saevarsson, Kari Arnason, Ragnar Sigurdsson (Sverrir Ingi Ingason) e Hordur Bjorgvin Magnusson; Gislason, Aron Gunnarsson (Ari Freyr Skúlason), Jón Daði Bodvarsson (Björn Bergmann Sigurðarson) e Birkir Bjarnason; Gylfi Sigurdsson e Alfred Finnbogason
Técnico: Heimir Hallgrisson

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *