Radar da Bola

Virada histórica! Roma surpreende e derruba o poderoso Barcelona nas quartas de final

O que era improvável aconteceu nesta terça-feira (10) no segundo jogo das quartas de final da Liga dos Campeões. A Roma entrou em campo no Estádio Olímpico em busca de um milagre para a avançar para a próxima fase. No primeiro duelo, o Barcelona abriu vantagem de 4 a 1, obrigando os italianos a vencer por três ou mais gols de diferença. Edin Dzeko, Daniele De Rossi e Konstantinos Manolas foram os responsáveis pela vitória por 3 a 0 e conseguiu a classificação para a semifinal da competição.

Jogadores comemoram a classificação da Roma.

Jogadores comemoram a classificação da Roma.

Barcelona irreconhecível

O time de Ernesto Valverde fez um jogo ruim diante da Roma. Messi e Suares estavam apagados e a equipe não conseguia levar perigo ao goleiro Alisson. Os italianos que não tinha nada a ver com isso, pressionou durante os 90 minutos. Logo aos seis minutos do primeiro tempo, De Rossi lançou para Dzeko que dominou na área e só tirou de Ter Stegen para abrir o placar.

A virada improvável começou a se tornar realidade aos 13 minutos da segunda etapa. Dzeko foi derrubado por Piqué na área. O árbitro francês Clement Turpin marcou a penalidade, que foi convertida por De Rossi. O Barça sentiu o gol e não conseguia acertar as jogadas. Enquanto que o time de Eusebio di Francesco se animou e foi pra cima buscar a classificação.

Aos 37minutos, Under cobrou escanteio da direita, Manolas se antecipou e cabeceou para o fundo da rede, para explodir o Estádio Olímpico de alegria, 3 a 0. O Barça tentou algo nos minutos finais, mas não impediu a eliminação.

De volta a semi

Após 34 anos, a Roma volta a disputar uma semifinal da Liga dos Campeões. Será apenas a segunda vez que isso acontece. A primeira foi na temporada 1983/84, quando chegou na final e perdeu o título para o Liverpool nos pênaltis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *