Radar da Bola

Coritiba vence o Criciúma de virada

Dando início à era Eduardo Baptista, Coxa reage em partida no Couto e consegue a vitória na primeira partida do novo técnico

Eduardo Baptista chegou no Coritiba com o pé direito. Jogando em casa e com a força vinda das arquibancadas, o time alviverde venceu o Criciúma, de virada, por 2 a 1. A vitória também marcou a conquista da segunda vitória consecutiva na Série B do Brasileirão.

Coritiba vence Criciúma de virada e consegue segunda vitória consecutiva

Somando sua segunda vitória seguida, o Coxa subiu para seis pontos e entrou na parte de cima da classificação da Série B, ocupando a 7ª posição. O Criciúma continua no jejum na Série B. Sem pontuação, a equipe segue em 17º lugar, abrindo a zona de rebaixamento.

Tudo igual no primeiro tempo

O técnico Eduardo Baptista realizou apenas uma mudança na escalação, colocando Chiquinho na vaga de César Benítez. A troca tardou para surtir efeito e o Criciúma aproveitou a oportunidade para abrir o placar. Aos 17’, após passe de Lucas Coelho da direita, João Paulo girou na área, dominou sozinho e acertou o chute no canto do goleiro Wilson.

O gol fez com que os donos da casa acordassem dentro de campo e partissem para o ataque. A primeira chance clara foi aos 23’. Kady cruzou rasteiro da direita, a bola estava chegando para Chiquinho quando Sueliton apareceu para tirar de qualquer jeito. O Coxa apresentava grandes dificuldades para finalizar e armar as jogadas contra o Criciúma.

A insistência e persistência da equipe alviverde resultaram no gol de empate ainda na etapa inicial. Aos 32’ minutos, Kady aproveitou o rebote de fora da área, mandou uma bomba e deixou os marcadores iguais no Couto Pereira.

Coritiba consegue virar o placar e decretar a vitória

O Criciúma voltou melhor para o segundo tempo de jogo e conseguiu duas chances para voltar a ficar na frente no marcador. Aos 7’, João Paulo arriscou uma bomba de longe e Wilson fez a defesa. Nicolas tentou o rebote de cabeça, mas não acertou. Já aos 10’, João Paulo invadiu a área pela direita, bateu cruzado, a bola desviou em Alex Alves e foi para fora.

Buscando a melhora no sistema ofensivo, Eduardo Baptista colocou Yan Sasse no lugar de Júlio Rusch. A substituição colocou o meia como o herói da partida. Aos 13’, no primeiro toque de Yan Sasse no jogo, o jogador aproveitou a bola espirrada na esquerda, bateu rasteiro e virou o placar para o Coritiba contra o Criciúma.

A virada não amedrontou os visitantes. O Criciúma partiu para o ataque e quase empatou a partida. Aos 14’, João Paulo viu Wilson adiantado, arriscou e o goleiro se esticou todo na defesa. Nicolas pegou a sobra, tocou para Liel, que exigiu outra defesaça do goleiro alviverde. Aos 18’, Marlon ganhou de Kiss, cruzou na medida e Nicolas, de cabeça, fez Wilson trabalhar mais uma vez. A partida caiu de qualidade e o Coritiba conseguiu segurar o placar na defesa, garantindo os três pontos.

O Coxa volta a campo na próxima sexta-feira (04), contra o Oeste, às 21h30, na Arena Barueri. O Criciúma recebe o CSA, na terça-feira (1º), às 16h, no Heriberto Hülse. Ambas as partidas são válidas pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Coritiba 2 x 1 Criciúma

CORITIBA (4-5-1): Wilson; Vinícius Kiss, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (João Paulo); Vitor Carvalho, Júlio Rusch (Yan Sasse) e Jean Carlos; Kady (Guilherme Parede), Chiquinho e Bruno Moraes

Técnico: Eduardo Baptista.

CRICIÚMA (4-5-1): Luiz; Sueliton (Natan), Nino, Sandro e Marlon; Liel, João Paulo, Nicolas, Elvis e Andrew (Jean Mangabeira); Lucas Coelho (Mailson)

Técnico: Argel Fucks.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *