Radar da Bola

Atlético empata sem gols com o Bahia

Destaque para o goleiro Santos, que teve papel fundamental no empate rubro-negro e na soma de mais um ponto para a equipe paranaense

A equipe Rubro-Negra foi até Salvador enfrentar o Bahia e ficou no 0 a 0 , em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2018. O Atlético-PR segue invicto sob o comando de Fernando Diniz e conseguiu garantir um ponto graças ao goleiro Santos. O arqueiro rubro-negro salvou a equipe com grandes defesas.

Atlético-PR e Bahia ficam no zero a zero

Com o resultado, o Atlético-PR retorna de uma sequência de dois jogos como visitante com dois empates na bagagem, estando entre os primeiros colocados do Brasileirão, somando cinco pontos na tabela. Já o Bahia está com quatro pontos, subiu uma posição na classificação e agora está na 12ª colocação.

Primeiro tempo de oportunidades do Bahia

Na primeira etapa de jogo, o Atlético-PR se viu diante de grandes dificuldades para sair para o ataque e sofreu uma enorme pressão dos mandantes de jogo. A primeira chance da partida foi logo aos 4’, quando Nino Paraíba cruzou rasteiro. Paulo André e Bruno Guimarães cortaram parcialmente e Vinícius bateu de primeira, perto da trave do goleiro Santos.

Aos 7’ o Bahia deu mais um susto na equipe rubro-negra. Paulo André saiu jogando errado. Nino Paraíba bateu de fora da área e mandou perto do gol atleticano. Já aos 16’, em nova chance do Bahia, Vinícius acionou Élber na direita, ele ajeitou e bateu firme e Santos fez a defesa em dois tempos.

Aos 18’, o Furacão chegou com um maior perigo no jogo. Guilherme recebeu no meio-campo e arriscou de longe. Douglas Friedrich fez a ponte e agarrou a bola. O Bahia continuou levando pressão ao adversário e quase conseguiu marcar um gol aos 29’. Zé Rafael ganhou de Matheus Rossetto no meio-campo e bateu de esquerda. A bola desviou no caminho, explodiu na trave e saiu em escanteio.

Partida termina sem gols na Arena Fonte Nova

Já aos 2’ do segundo tempo o goleiro Santos precisou salvar o Furacão. O Bahia partiu em velocidade. Élber bateu no canto, mas o goleiro rubro-negro fez a defesa. A volta para a segunda etapa do jogo reservou o melhor momento do Atlético-PR em busca do gol para abrir o placar. Aos 6’, Guilherme recebeu na área após o cruzamento rasteiro e bateu rasteiro. Zé Rafael salvou em cima da linha. Pouco depois, aos 10’, o Bahia respondeu e o goleiro Santos salvou com duas grandes defesas. Primeiro Zé Rafael avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Edigar Junio bateu, e o goleiro Santos defendeu. Depois, Élber tentou e Santos fez mais uma defesa difícil.

Aos 14’, Élber cruzou com categoria. Zé Rafael desviou de cabeça e mandou para fora, quase marcando o primeiro gol para o Bahia. Aos 38’, Carleto ameaçou soltar a bomba na cobrança da falta, mas bateu com categoria e mandou no travessão. Foi a melhor chance do Furacão no jogo. Já no final do jogo, aos 42’, Carleto cobrou a falta para a área. A defesa afastou parcialmente e Nikão soltou a bomba de primeira. Mas a partida terminou zerada para os dois lados.

Tanto o Bahia quanto o Atlético-PR retornam a campo somente daqui a uma semana (06). Às 16h o Furacão recebe o Palmeiras na Arena da Baixada. Já o Bahia encara o Sport às 19h, na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

Bahia 0 x 0 Atlético-PR

BAHIA (4-5-1): Douglas; Nino Paraíba, Rodrigo Becão (Everson), Lucas Fonseca e Léo; Élton e Gregore; Zé Rafael, Vinícius (Régis) e Élber; Edigar Junio (Júnior Brumado)

Técnico: Guto Ferreira.

ATLÉTICO-PR (3-4-3): Santos; Esteban Pavez, Paulo André e José Ivaldo; Matheus Rossetto, Lucho González (Jonathan), Bruno Guimarães e Thiago Carleto; Nikão, Pablo (Lucas Ribamar) e Guilherme (Raphael Veiga)

Técnico: Fernando Diniz.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *