Radar da Bola

Milan ameaça mas Juventus passa no teste pré-Champions

De volta da pausa internacional, a Juventus teve logo de cara um desafio contra o Milan. Num clássico em que não perdia em casa desde 2011, os bianconeri deram sequência ao tabu.

Depois dessas semanas de jogos de seleção, o Calcio voltou da melhor maneira possível. Em especial para os tifosi da Juve: vitória diante de um Milan bem postado e um tropeço do Napoli contra o Sassuolo (1-1) para compensar. Além disso, essa semana já tem Champions League e novamente a ‘vecchia signora‘ mostrou que não irá facilitar nem um pouco.

Primeiramente, é importante destacar o primeiro tempo bem equilibrado. Até um pouco mais até. Fora o gol do Bonucci (@lei_do_ex nunca falha), Çalhanoglu acertou um balaço na trave e André Silva errou uma cabeçada não tão difícil se marcar o gol (isso no começo do segundo tempo). Esses erros defensivos não podem ser repetidos contra o Real Madrid. E se tem algo que a Juventus não aguenta mais é sofrer com o Cristiano Ronaldo.

No entanto, a Juve acertou bastante também – não atoa saiu com a vitória. Os três zagueiros de Allegri, apesar de causar algumas preocupações com os contra-ataques pelos lados, funcionou bem e deu o domínio da bola. Mas o maior acerto de Max foi suas mexidas: Douglas Costa, agudo como sempre, e Cuadrado, voltando de lesão, decidindo a partida. Mas o melhor já estava em campo só aguardando seu momento de brilhar.

Partidaça / Fonte: twitter Juventus

Sami Khedira. Muitas vezes extremamente criticado, mas mesmo assim não sai do time de jeito nenhum. Marchisio é preterido, Matuidi também, até Dybala, mas o alemão segue firme sendo titular e hoje foi até além de suas tarefas, importantíssimas para o coletivo. Se já ajudava demais defensivamente e na construção de jogadas, sua assistência e gol foram imprescindíveis para o bom resultado.

Esse é um daqueles que, mesmo fazendo muito, tem que se provar sempre de novo. Hoje, mereceu mais ainda o destaque.

Obs.: Belo gol de Dybala. Só não falei muito dele, pois, tem texto falando do seu ressurgimento já, confere ai: A magia de Paulo Dybala está de volta – e não podia haver momento melhor.


Série A TIM – 30ª rodada
Juventus x Milan

Estádio: Allianz Stadium

Árbitro: Paolo Silvio Mazzoleni

Juventus: Buffon; Barzagli, Benatia, Chiellini; Lichtsteiner (Douglas Costa), Khedira, Pjanic (Bentancur), Matuidi (Cuadrado), Asamoah; Dybala e Higuaín
Treinador: Massimiliano Allegri

Gols.: Dybala (7′) Cuadrado (79′) Khedira (87′)

Milan: Donnarumma; Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodríguez; Kessié, Biglia (Montolivo), Bonaventura; Suso, André Silva (Kalinic) e Çalhanoglu (Cutrone)
Treinador: Gennaro Gattuso

Gols.: Bonucci (28′)

One Comment

  1. contributors

    abril 1, 2018 at 10:04 pm

    Muito obrigado César Costa. Vou tentar.custom writing service

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *