Radar da Bola

Festa alviverde no Paraná: Coxa é campeão da Taça Dionísio Filho

Fazendo o melhor jogo na temporada, Coxa vence Rio Branco por 3×0 e fica com o título da primeira taça, além da vaga assegurada na final do Paranaense

Curitiba ficou alviverde nesse domingo (25). O troféu que carrega  nome de um dos ícones da história do futebol paranaense já tem lugar reservado na sala de troféus do Alto da Glória. O Coxa confirmou a conquista da Taça Dionísio Filho ao vencer o Rio Branco, por 3 a 0, no Couto Pereira. A vitória garantiu a vaga para a grande decisão do Campeonato Paranaense 2018.

Alecsandro desencanta e marca o primeiro gol da vitória do Coxa

Jogando com superioridade desde o início da partida, a equipe alviverde conseguiu balançar as redes ainda na primeira etapa do jogo contra o Leão da Estradinha. O time partiu para as criações de chances de perigo, porém só conseguiu a efetividade nos minutos finais do primeiro tempo.

A segunda etapa da partida também foi totalmente dos mandantes de campo. Após um esboço de reação do adversário, o Coritiba marcou duas vezes prara confirmar sua conquista, carimbando a festa com goleada.

Com o título, o a equipe alviverde garante vaga na grande decisão do estadual. Vencendo também a Taça Caio Júnior, o time garante automaticamente o título paranaense.

Alecgol desencanta e coloca Coxa na frente

Os dois times propuseram jogo, mas quem criou as melhores chances no primeiro tempo foi o Coxa. Nas primeiras tentativas, Thalisson Kelven e Iago Dias mandaram por cima do gol de Jhones. O primeiro, aos 17’, quando o Coxa desceu com mais força para perto da área do Rio Branco e o zagueiro alviverde apareceu para chutar com força. Aos 29’, Iago Dias recebeu a bola de Marcos Moser, invadiu a área e tentou o chute cruzado. A bola atravessou a área e saiu pela linha de fundo.

Os dois até tentaram, mas quem seria o nome do primeiro tempo era Alecsandro. O pé direito do atacante foi o responsável pela primeira chance clara de gol, aos 33’. Ele arriscou e mandou tirando tinta da trave do time do litoral. O atacante teve nova chance e resolveu não desperdiçar. Aos 37’, Alecsandro deu inicio à jogada no meio de campo, passou para Julio Rusch, que encaminhou para Iago pela esquerda fazer o cruzamento na pequena área. O atacante mandou a bola de cabeça para o fundo do gol.

Coritiba amplia vantagem e conquista a Taça Dionísio Filho

O segundo tempo de jogo foi intenso em seus primeiros minutos, já que as duas equipes buscavam intensamente o gol. Logo no primeiro minuto, a bola foi recuada para o goleiro Jhones, porém Vitor Carvalho foi correndo para pressionar o goleirão do Rio Branco. Jhones deu o drible no jogador do Coxa, porém ao fazer o passe mandou no pé de Iago Dias, que chutou com força, mas sem sucesso.

A resposta da equipe do litoral veio na sequência. Aos 3’, Vandinho arranjou o passe para Rodrigo Jesus dentro da área. Ele estava posicionado de frente para o gol, mas chutou com muita força e mandou por cima do gol de Wilson. Pouco depois, aos 6’, Everton Maringá cobrou falta e obrigou Wilson a trabalhar e evitar o empate.

Aos 15’ o Coxa encaminhou de vez a sua conquista. Depois da bola cruzada na área, Alecsandro bateu para o gol. A bola não saiu muito forte, mas tinha o zagueiro Thalisson Kelven pronto para completar para as redes, de calcanhar. Para carimbar a vitória e o passaporte para a grande final do Paranaense 2018, o Coxa ainda marcou o terceiro. Aos 23’, Guilherme Parede recebeu a bola de Julio Rusch, se livrou tanto da marcação como da falta dentro da área e chutou na saída do goleiro Jhones.

O segundo turno do Paranaense 2018, a Taça Caio Júnior, começa no próximo final de semana (3 e 4 de março). O Coxa recebe o Maringá, às 16h de domingo, no Couto Pereira. Já o Rio Branco encara o Toledo, também às 16h de domingo, na Estradinha. Antes disso, o Coritiba tem compromisso pela Copa do Brasil. A partida é contra o Goiás, na próxima quarta-feira (28), às 19h30.

FICHA TÉCNICA

Coritiba 3 x 0 Rio Branco

CORITIBA (4-5-1): Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e Léo Andrade; Vitor Carvalho (João Paulo), Júlio Rusch e Thiago Lopes; Iago Dias (Pablo), Guilherme Parede (Kady) e Alecsandro

Técnico: Sandro Forner.

RIO BRANCO (4-3-3): Jhones; Raul, Thiagão, Fernando e Victor (Éverton Maringá); Kessi, Camargo, Marco Túlio (Eric) e Rodrigo Jesus; Vandinho e Kauhan

Técnico: Maurílio Silva.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *