Radar da Bola

Coxa garante vaga na final da Taça Dionísio Filho

Após empate no tempo regulamentar, Coxa e Foz encaram os pênaltis e a equipe alviverde consegue a classificação na decisão da Taça Dionísio Filho

O Coritiba foi até Foz do Iguaçu nesse final de semana para garantir a classificação na final da Taça Dionísio Filho. Depois do empate em 1 gol para cada lado no tempo regulamentar, a equipe alviverde converteu todas as cobranças de pênalti e garantiu a vitória por 4 a 2 contra o Foz. Em busca do título e do lugar de honra na decisão máxima, o Coxa encara o Rio Branco (que ganhou do Atlético-PR também nas penalidades), no estádio Couto Pereira.

Coxa consegue 100% e aproveitamento nos pênaltis e se classifica para a final da Taça Dionísio Filho

Coritiba sai em desvantagem no primeiro tempo

Sendo mandante da partida, o Foz do Iguaçu comandou a posse de bola e buscou o gol desde os primeiros minutos de jogo. Enquanto os donos da casa adiantavam a marcação e apertavam a saída de bola do Coxa, os visitantes ficavam presos na defesa e com muita dificuldade na ligação com o ataque. Após o domínio das ações na partida, o Foz conseguiu alcançar o gol.

Aos 17’, após cobrança de escanteio, Leandro Silva ajeitou para a pequena área e Lucas Brasil mandou para o fundo das redes. O atacante se empolgou na comemoração e recebeu cartão amarelo. O Coxa até acordou após sofrer o gol. Aos 28’, Julio Rusch cobrou escanteio, Vitor Carvalho subiu e mandou de cabeça, com perigo, mas a bola foi por cima. Apesar das tentativas, o Coxa encontrou grandes dificuldades no setor de criação durante a primeira etapa de jogo.

Coxa empata e manda a decisão para os pênaltis

O técnico Sandro Forner resolveu colocar Kady no lugar de Guilherme Parede no segundo tempo, e essa mudança deuum respiro de alívio à torcida alviverde. Aos 13’, Alecsandro recebeu de Rusch e deu um passe certeiro, de calcanhar, para Kady chegar batendo e empatando o jogo.

Após o empate, a partida ficou mais equilibrada e as duas equipes tiveram chances de gol. Aos 15’, em falta longe da área, Leandro Silva mandou a bomba, a bola foi no meio do gol, e Wilson conseguiu fazer a defesa. Já aos 23’, Iago Dias ganhou na corrida de Paulinho na área, chutou, mas Julio César saiu bem para fechar o ângulo e fazer a defesa. A resposta dos donos da casa veio aos 37’, quando Luiz Beltrame tabelou pela esquerda com Mathiola, entrou na área e mandou para o meio. Marcelo Soares tentou finalizar, mas foi travado na hora por Thalisson Kelven. A última chance do tempo normal foi aos 42’, quando Iago Dias levantou a bola na área, Evandro se antecipou ao zagueiro e cabeceou muito próximo do travessão.

Nas cobranças de pênalti, o Coxa teve 100% de aproveitamento com as cobranças convertidas de Kady, Iago Dias, Júlio Rusch e João Paulo. Enquanto isso, o Foz desperdiçou tanto a primeira como a quarta cobranças. O goleiro alviverde defendeu o chute de Luccas Brasil e Marcelo Soares isolou a bola.

Antes de encarar o Rio Branco pela final da Taça Dionísio Filho, o Coxa enfrenta o Uberlândia na quinta-feira (22), às 21h30, em partida válida pela Copa do Brasil. O Foz do Iguaçu só retorna a campo dia 4 de março, para encarar FC Cascavel, no Estádio do ABC, pela primeira rodada da Taça Caio Junior.

FICHA TÉCNICA

Foz do Iguaçu (2) 1 x 1 (4) Coritiba

FOZ DO IGUAÇU (4-4-2): Júlio César; Paulinho, Leandro Silva, Alex Maranhão e Anderson Tasca (Luiz Beltrame); Maycon Canário, Matheus Olavo, André Oliveira e Douglas (Mathiola); Raphael Alemão (Marcelo Soares) e Luccas Brasil

Técnico: Negreiros.

CORITIBA (4-3-3): Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, Júlio Rusch e Thiago Lopes (João Paulo); Iago Dias, Guilherme Parede (Kady) e Alecsandro (Evandro)

Técnico: Sandro Forner.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *