Radar da Bola

A lenda voltou! Buffon pega pênalti, Juventus vence e fica próxima de mais uma final

A sensação das últimas temporadas, Atalanta, pouco pode fazer nessa semi-final de copa. A Juventus, além de se impor desde o começo, marcando até gol antes dos 3′, foi sólida atrás e ainda teve a participação crucial de seu goleiro lendário Buffon para não sofrer gols.

Atalanta e Juventus protagonizaram uma partida digna de ambos os times: um jogo dinâmico e com chances pra ambos os lados, pelo menos na primeira metade. Uma peculiaridade foi a neblina. Presente praticamente nos 90′, dificultou um pouco a visibilidade mas não foi muito prejudicial.

Lenda

Logo com 2 minutos de jogo, Higuaín partiu com velocidade, cortou Masiello e colocou pra dentro. Dois gols em duas partidas consecutivas para o argentino.

Ainda sem ter 100% da visão de tudo que estava acontecendo, o árbitro do jogo deixou uma mão de Benatia passar aos 26′. No entanto, usando o recurso do VAR, Valeri voltou atrás e marcou o pênalti para a equipe de Bérgamo. Papu Gómez foi na bola e parou em Gianluigi Buffon. O arqueiro quarentão retornava ao time depois de bom tempo lesionado – e que retorno.

No segundo tempo, como era de se esperar, o ritmo diminuiu um pouco e os anfitriões começaram a atacar mais. O que faltou foi criatividade nas jogadas. Gómez não estava num bom dia e isso comprometeu bastante a criação. Além disso, o número de faltas aumentou, deixando a partida bem travada.

Nos últimos minutos, Atalanta foi para o abafa. Pressionou muito e Buffon teve que interferir novamente para salvar a vitória do bianconeri. Ainda teve um chute que acertou a mão de Matuidi, mas dessa vez não houve marcação de penalidade.

Com a vitória, Allegri e seus comandados precisam de um empate para ir para à final da competição. Do outro lado da chave, Milan e Lazio se enfrentam também em busca de prosseguir.



Coppa Italia – Semi-finais: 1º jogo
Atalanta 0 x 1 Juventus

Estádio: Atleti Azzurri d’Italia

Árbitro: Paolo Valeri

Atalanta (3-4-1-2): Berisha; Rafael Tolói, Palomino, Masiello; Hateboer, de Roon, Freuler, Castagne; Cristante (Barrow); Cornelius (Ilicic) e Alejandro Gómez (Petagna)
Treinador: Gian Piero Gasperini

Gols.:

Juventus (4-3-3): Buffon; De Sciglio, Benatia (Barzagli), Chiellini, Alex Sandro; Matuidi, Pjanic (Bentancur), Khedira; Douglas Costa (Bernardeschi), Higuaín e Mandzukic
Treinador: Massimiliano Allegri

Gols.: Higuaín (2′)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *