Radar da Bola

Juventus derruba invencibilidade do Napoli em jogo de torcida única

No confronto entre os dois melhores ataques, a Juventus levou a melhor mesmo sem sua torcida. Com gol de Higuaín, a equipe do norte aproximou-se e ficou apenas 1 ponto da liderança.

O líder do italiano chegou como grande favorito. Ainda invicto, a equipe de Maurizio Sarri vêm dando grandes demonstrações que esse ano irá definitivamente brigar pelo título. No entanto, a melhor das chances de conseguir distanciar-se ainda mais da Juve não foi aproveitada no confronto direto, em casa. A vitória dos visitantes vêm como um balde de água fria que, além de colocar a Juventus mais viva ainda na corrida pelo Calcio, dá a oportunidade da Internaziole assumir a liderança ainda está rodada.

Logos aos 13′, num contra-ataque fulminante, Douglas Costa puxou a bola pelo meio campo, tocou para Dybala. O camisa 10 achou um belo passe para Gonzalo Higuaín marcar o seu quinto gol contra a equipe napolitana e abrir o caminho para a vitória bianconera.

Aos 30′, Napoli teve duas chances de empatar. Primeiro com uma bomba de Insigne após mal afastada de Chiellini, e outra, um minuto depois, num desvio na primeira trave. Buffon salvou os duas e levou o 1-0 para o intervalo.

Se o Napoli não sente saudades, pelo menos desejaria nunca mais enfrentar ele

No segundo tempo, os anfitriões ensaiaram uma pressão intensa. Com 10′ do segundo tempo, José Callejón deu um forte chute mas que apenas passou ao lado da meta de Buffon. A Juve respondeu mais tarde com Matuidi, mas o francês parou no arqueiro Pepe Reina que fez uma incrível defesa.

Ainda com algumas investidas ofensivas, o time casa não conseguiu marcar seu gol e viu uma invencibilidade de mais de 15 jogos nessa Serie A cair por terra. 1-0 para a Juventus, e a Juve tem mais um confronto direto pela liderança contra a Internazionale, no Allianz Stadium.


Napoli 0 x 1 Juventus – Serie A TIM – 15ª rodada

Estádio: San Paolo

Napoli (4-3-3): Pepe Reina; Hysaj, Albiol, Koulibaly, Mario Rui (Maggio); Allan (Zielinski), Jorginho, Hamsik; Callejón, Mertens e Insigne (Ounas)
Treinador: Maurizio Sarri

Gols.:

Juventus (4-3-2-1): Buffon; De Sciglio (Barzagli), Benatia, Chiellini, Asamoah; Matuidi, Pjanic, Khedira (Marchisio); Dybala, Douglas Costa (Cuadrado); Higuaín
Treinador: Massimiliano Allegri

Gols.: Higuaín (13′)


Agora, ambas as equipes terão seus últimos compromissos na fase de grupos da Champions League. Napoli precisa vencer o Feyenoord fora de casa e torcer para que o Manchester City ganhe do Shakhtar para poder se manter vivo na competição. Já a Juventus tem uma situação mais tranquila e precisa de uma vitória contra o Olympiakos, na Grécia, para ir para as oitavas-de-final.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *