Radar da Bola

Na volta da Data FIFA, Juventus quase empata no final mas Sampdoria ganha por 3-2

Após a pausa para os jogos de seleção, a Juventus foi lá à Gênova enfrentar a sensação Sampdoria. Buffon, Barzagli, Dybala, entre outros, ficaram no banco e pouco puderam fazer para evitar a derrota.

A Sampdoria vêm fazendo um campeonato fantástico. Diferente das últimas temporadas, o time da Ligúria está disputando posições no escalação de cima. Em sexto lugar até essa rodada, a colocação leva-os para a Europa League, uma competição continental que não acontece desde de 2009. Vale também destacar o grande início do ex-bianconero Fabio Quagliarella. Conhecido pelos seu chutes potentes, o centroavante de 34 anos já tem 7 gols nessas primeiras rodadas.

Já Juve, por sua vez, segue na segunda colocação. Com a séria de 4 vitórias encerradas, Allegri e seus comandados ficam mais distantes do Napoli, primeiro colocado ainda invicto. Além disso, alguns jogadores foram preservados visando o confronto contra o Barcelona nesta quarta-feira.

Bernardeschi começou como titular mas não teve grande exibição

A primeira etapa não foi muito diferente do habitual. A Juventus começou dominando o jogo, com bastante posse de bola mas acabou criando poucas oportunidades. Consequentemente, o primeiro tempo acabou 0-0 sem nenhuma grande chance clara.

O segundo tempo foi da Samp. Logo no início, a defesa da Juve não consegue afastar uma bola cruzada na área e Duván Zapata sobiu no alto para cabecear e fazer o 1-0. O colombiano ainda teve a chance do segundo após belo passe de Quagliarella, mas Szczesny fez uma defesa espetacular no um contra um.

Depois de ficar em desvantagem, Allegri colocou Dybala em campo para uma mudança de cenário. Com o camisa 10, a Juventus conseguiu criar mais chances porém só viu a vantagem dos anfitriões aumentar.

Aos 71′, Lucas Torreira recebeu de Ramírez e emendou um chute forte de fora da área no canto direito do goleiro da Juventus. E ainda tinha mais por vir.

Quagliarella recebeu a bola após cruzamento na área, cruzou rasteira para Ferrari completar e fazer o 3-0. Porém, o jogo deu uma reviravolta inesperada. Douglas Costa sofreu pênalti e Higuaín converteu. Dybala deu uma bela disparada pela direita, emendou uma bomba de esquerda e fez o 3-2. Mas acabou assim.

Sampdoria vêm crescendo e Juventus é uma incógnita para Champions League

 


Sampdoria 3 x 2 Juventus – Serie A TIM – 13ª rodada

Estádio: Luigi Ferraris

Sampdoria (4-3-1-2): Viviva; Bereszynski, Silvestre, Ferrari, Strinic; Barreto (Verre), Torreira, Praet (Linnety); Gastón Ramírez; D. Zapata e Quagliarella (Caprari)
Treinador: Marco Giampaolo

Gols.: D. Zapata (52′) Torreira (72′) Ferrari (79′)

Juventus (4-2-3-1): Szczesny; Lichtsteiner, Rugani, Chiellini, Asamoah; Pjanic (Matuidi), Khedira; Cuadrado (Douglas Costa), Bernardeschi (Dybala), Mandzukic; Higuain
Treinador: Massimiliano Allegri

Gols.: Higuaín (89′) Dybala (90’+)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *