Radar da Bola

Coxa vê festa dos donos da casa e desespero na tabela

Em partida inspirada do meia Otero, do Atlético-MG, Coxa perde por 3×0 e adia permanência na série A

A antepenúltima rodada do Brasileirão era a chance do Coxa garantir matematicamente sua permanência na série A do campeonato, mas tiveram uma das mais desastrosas atuações no Brasileirão. A equipe paranaense teve um primeiro tempo que ficará marcado na memória do torcedor alviverde (no mau sentido), e perdeu para o Atlético-MG por 3 a 0, no Independência. Os gols da vitória dos donos da casa foram marcados por Leonardo Silva e Otero, que acordou inspirado e marcou duas vezes.

Otero acorda inspirado e é nome da vitória do Atlético-MG

A derrota do Coxa amargou uma permanência no 14º lugar, somando 43 pontos, e ainda existe uma possibilidade de perder uma posição após a partida do Fluminense e da Ponte Preta nesta segunda-feira (19), caso a equipe carioca ganhe. Em caso de vitória do time paulista, o time alviverde ficará apenas três pontos do primeiro time da zona de rebaixamento. Após a vitória, o Atlético-MG chegou aos 50 pontos, subindo posições e assumindo o oitavo lugar, dois pontos atrás do Botafogo (7º).

Atlético-MG garante vitória ainda no primeiro tempo

A partida não precisou avançar muito para que o torcedor coxa-branca notasse que a noite não era favorável. O Atlético-MG começou a partida marcando no ataque e o Coritiba conseguia malmente trocar três passes. Logo aos 4’ de partida jogada, o meia Otero chutou rasteiro de fora da área, o goleiro Wilson falhou e a bola foi para o fundo das redes, para a alegria dos mineiros. Aos 9’, a primeira chance do Coritiba na partida aconteceu, após forte chute de Léo de dentro da área, mas o goleiro Victor mandou para escanteio.

Mas a noite era dos donos da casa. Aos 15’, Marcos Rocha cobrou o lateral para o meio da área, Leonardo Silva desviou de cabeça e encobriu o goleiro Wilson. O Atlético-MG ainda teve uma boa chance de marcar o terceiro aos 26’. Robinho tentou o chute para o gol, mas parou em boa defesa de Wilson. Mas o lance já estava parado por impedimento. Porém, aos 31’, o terceiro gol aconteceu, e foi golaço! Otero chutou praticamente do meio-campo, o goleiro Wilson não voltou para o gol em tempo e o Galo ampliou a vantagem com esse gol de placa.

Coritiba não consegue reação

A volta para o segundo tempo era hora de apostar todas as fichas, e o técnico Marcelo Oliveira decidiu colocar o meia Daniel no lugar do lateral-direito Léo. Porém a mudança não adiantou muito ofensivamente. Daniel até teve uma chance para descontar aos 17’, mas o chute não levou nenhum perigo para o goleiro Victor.

Com o resultado garantido, o Atlético-MG diminuiu seu ritmo na segunda etapa da partida e quase não ofereceu trabalho ao goleiro Wilson. O lance de maior perigo foi aos 28’, após levantamento na área, quando Otero desviou de cabeça e a bola foi pela linha de fundo. Já pelo lado do Coxa a última oportunidade da partida veio nos minutos finais, porém Henrique Almeida parou em bela defesa de Victor.

Na próxima rodada o Galo encara o Corinthians, já campeão, às 17h de domingo (26), na Arena Corinthians. O Coxa recebe o São Paulo no Couto Pereira, também às 17h de domingo.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 3 x 0 Coritiba

ATLÉTICO-MG (4-5-1): Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Elias (Gustavo Blanco), Yago, Valdívia (Cazares) e Otero; Robinho (Luan) e Fred

Técnico: Oswaldo de Oliveira.

CORITIBA (4-4-2): Wilson; Léo (Daniel), Márcio, Werley e Willian Matheus; Jonas, Alan Santos, Tiago Real e Dodô; Getterson (Iago Dias) e Kleber (Henrique Almeida)

Técnico: Marcelo Oliveira.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *