Radar da Bola

Sai crise! Juventus começa perdendo, sofre, mas consegue vencer Sporting de virada

Juventus espantou a má fase nesta tarde de quinta-feira (18). Depois de dois resultados indesejados, os italianos venceram o Sporting naquele que pode ser considerado um dos dois jogos mais importantes para garantir a classificação.

Jogo extremamente decisivo – e difícil. Se a Juventus não quiser correr riscos de disputar uma Europa League, deve certamente vencer os jogos contra o Sporting para evitar o desastre. O primeiro foi sofrido, e o segundo promete ser ainda mais complicado para a equipe de Turim.

É bom lembrar que essa desqualificação não é algo tão longe do imaginário dos torcedores da Juve. Em 2013-2014, quando o grupo era composto por Real Madrid, Galatasaray e Copenhagen, o time ficou em terceiro com apenas uma vitória.

 

Terceira vez que Pjanic marca um gol de falta em Champions League

Não demorou para o Sporting abrir o placar e colocar pressão para os anfitriões. Logo aos 12′, Alex Sandro teve uma infelicidade dupla: primeiro falhou em interceptar um passe que chegou em Gelson Matins. Depois, quando o português finalizou ao gol, a bola defendida por Buffon voltou no brasileiro que acabou marcando gol contra.

A reação bianconera começou aos 28′. Miralem Pjanic fez jus ao seu posto entre os melhores cobradores de faltas. O próprio bósnio sofre ela próxima a grande área e converte com uma cobrança precisa, sem chances para Rui Patricio.

O segundo tempo foi quase todo da Juventus. Muita pressão, apesar de criar poucas chances. E perto do fim da partida, uma mudança foi crucial. Aos 82′, Allegri tirou Sturaro para colocar Douglas Costa. Na primeira jogada do brasileiro, Mandzukic recebeu um cruzamento preciso para virar o jogo e dar números finais a partida.

 


Juventus 2 x 1 Sporting – UEFA Champions League – 3ª Rodada

Estádio: Allianz Stadium

Juventus (4-2-3-1): Buffon; Sturaro (Douglas Costa), Benatia (Barzagli), Chiellini, Alex Sandro; Khedira (Matuidi), Pjanic; Cuadrado, Dybala, Mandzukic; Higuaín
Técnico: Massimiliano Allegri

Gols.: Pjanic (22′) Mandzukic (83′)

Sporting (4-2-3-1): Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu, Fabio Coentrão ( Jonathan Silva); William Carvalho, Battaglia (Doumbia); Acuña, Bruno Fernandes, Gelson Martins (Palhinha); Bas Dost
Técnico: Jorge Jesus

Gols.: Alex Sandro* (12′)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *