Radar da Bola

Reserva do Cruzeiro passa sufoco, mas vence Atletico-GO fora de casa

Time celeste começou bem a partida, abriu boa vantagem e conseguiu segurar no 2° tempo

O Cruzeiro conseguiu um bom resultado nesta tarde de domingo, diante do Atletico-GO. O time celeste foi até Goiás e derrotou o lanterna por 2×1, em uma partida com dois tempos bem distintos. No 1° tempo, o Cruzeiro foi dominante. Desde os primeiros minutos, já estava criando ótimas oportunidades de gol. No 1° minuto da partida, o lateral Bryan executou um ótimo chute e a bola estourou na trave do time da casa. Aos 4 minutos, o Cruzeiro conseguiu abrir o placar. Rafinha recebeu uma bola em velocidade pela intermediária esquerda do time goiano, onde executou um ótimo cruzamento para Rafael Sóbis, o atacante tentou chutar, a bola bateu na zaga do Atletico e sobrou para o uruguaio Arrascaeta, que chutou rasteiro no canto do goleiro, com a bola indo parar no fundo das redes.

O gol deu ânimo ao time celeste, que seguia melhor na partida. O Cruzeiro tinha mais posse de bola, mais domínio do meio campo e não permitia que o time da casa ameaçasse o gol de Rafael. As oportunidades do Cruzeiro iam aparecendo, mas o time não conseguia ampliar a vantagem no placar. Até que aos 21 minutos, o time mineiro fez o 2° gol: O jovem volante Nonoca, ainda no meio campo, executou um excelente passe rasteiro, que passou pelas costas da zaga goianiense e caiu nos pés de Rafael Sóbis, que tocou com categoria na saída do goleiro, colocando o Cruzeiro confortável no placar.

Depois do 2° gol, o Cruzeiro passou a jogar de uma maneira mais recuada, chamando o time da casa para o seu campo de defesa. O time celeste apenas administrava a boa vantagem e deixava o tempo passar. Ainda no 1° tempo, o Atletico melhorou na partida, ficava mais com a bola mas não criava boas oportunidades.

No 2° tempo, as coisas começaram a mudar rapidamente. Aos 2 minutos, o Atletico já conseguiu o seu gol. Após uma boa jogada pela esquerda da zaga celeste, a bola foi cruzada no meio da area, onde Luis Fernando apareceu para encher o pé e estufar as redes do Cruzeiro. Esse gol, fez com que o Cruzeiro recuasse ainda mais. O time mineiro foi dando campo ao adversário, tentando jogadas de contra-ataque. Enquanto isso, a equipe da casa ganhava ânimo para tentar o empate e começava a dominar a partida. O dragão começou a trocar passes, a dominar o meio campo e empurrava o Cruzeiro para seu próprio campo de defesa. O time de Mano Menezes não conseguia contra-atacar, errando muitos passes nas oportunidades que o Atletico dava.

Aos 25 minutos do 2° tempo, o Atletico-GO conseguiu o empate, mas o gol foi anulado. O jogador William Alves estava em posição de impedimento na hora de finalizar. O dragão seguia melhor na partida, criando mais oportunidades e assustando o goleiro Rafael. O Cruzeiro, mesmo com a entrada de Raniel e Ezequiel, não conseguia explorar bem as saídas de contra-ataque e perdia chances de finalizar a partida.

Aos 41 minutos, Rafael Sóbis criou uma excelente jogada, deixando Arrascaeta no jeito para finalizar, mas o uruguaio acabou chutando em cima da zaga adversária. Apesar do aperto, o Cruzeiro conseguiu vencer a partida. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 40 pontos, chegando ao 5° lugar na tabela. Ao mesmo tempo em que briga pela conquista de um título importante no ano (Copa do Brasil), o Cruzeiro briga também por uma vaga na Libertadores através do próprio Campeonato Brasileiro. Praticamente sem chances de cair e estando apenas 4 pontos atrás do vice-lider, Santos, o Cruzeiro segue firme na luta por uma vaga no G4. Agora, as atenções se voltam todas para o dia 27, onde o time enfrenta o Flamengo no Mineirão, em busca do 5° título da Copa do Brasil. Apesar de ter começado um 2017 muito turbulento, o Cruzeiro conseguiu dar a volta por cima e agora volta a dar esperanças ao torcedor de terminar o ano de uma forma muito digna. O ano de 2017 do time celeste, depende totalmente do dia 27, da quarta-feira no Mineirão, onde pode haver a glória ou o desastre, tudo depende do técnico Mano Menezes e dos próprios jogadores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *