Radar da Bola

Nem Coutinho, nem Dybala, nem Di Maria. Barcelona fica as moscas!

A maré de azar para contratar esta a solta no Barcelona. Apesar de contratarem Paulinho e Dembéle, o clube da Catalunha tinha como prioridade: Coutinho, Dybala, Di Maria, mas ficou sem os três.

Após muitas tentativas, principalmente com o brasileiro do Liverpool. O Barcelona recebeu de última hora, no fechamento da janela de transferências mais um ‘não’. A novela Barcelona-Coutinho-Liverpool se arrastou desde a saída de Neymar. O jogador fez de tudo para forçar suas saída mas, o Liverpool bateu o pé e não aceitou as ofertas espanholas. Os valores foram altíssimos, a última seria de 160 milhões de euros (cerca de R$ 595 milhões). Mesmo assim, o Liverpool rechaçou.

A segunda aposta era Di Maria. O argentino seria solicitação de Messi para compor o elenco. O argentino do PSG até que tentou convencer o treinador, Unai Emery, mudar de ideia e liberá-lo para assinar com o Barcelona, porém, em vão. O presidente do PSG, não aceitou nenhuma oferta. Na verdade, não chegou a ver as ofertas pois, Di Maria seria de extrema importância para o recém formado tridente parisiense. Neymar, Cavani e Di Maria.

Se o argentino não foi. O brasileiro quase. Mais um argentino ficou somente na lista de fracasso. O nome da vez até os últimos minutos da janela de transferências foi, Paulo Dybala. A joia argentina da Juventus foi mais um ‘tiro ás cegas’. Após duas negativas, o Barcelona mudou a chave e foi pra cima de Dybala, afim de tranquilizar sua torcida e impor respeito a tradição culé. O valor foi astronômico,160 milhões de euros (cerca de R$ 600 milhões), recebendo uma nota do clube italiano, dizendo que o jogador é ‘intransferível’.

Após dois meses de idas e vindas, o Barcelona terá que se contentar com um elenco sem a magia de Neymar mas, com a ousadia de Dembélé, a genialidade de Messi e a frieza de Suárez. Resta saber aonde este time poderá chegar?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *