Radar da Bola

Jô marca com o braço e Corinthians volta a vencer no Brasileiro

Sofrido, como sempre. Foi desse jeito que o Corinthians voltou a vencer nesse Campeonato Brasileiro. O jogo foi contra o Vasco, nesse domingo (17), na Arena em Itaquera. Jô, artilheiro da equipe na competição, marcou o gol com o braço, e com a derrota do Grêmio para a Chapecoense, a equipe alvinegra abriu dez pontos na liderança do nacional.

Agora o Corinthians está com 53 pontos e o Vasco, com a derrota, permanece com 31 pontos, e agora está na nona posição.

O JOGO

Com um público de mais de 40 mil pessoas, o Corinthians buscou o resultado desde os primeiros minutos do jogo.

Aos seis minutos, Rodriguinho recebeu de Jadson e bateu forte, mas a bola bateu pela rede do lado de fora de Martín Silva.

Com a saída de Gilberto para entrada de Escudero no Vasco, o time da casa passou a povoar mais o lado direito da defesa dos cariocas, e em outro lance de Jadson, Jô é lançado aos 17 minutos e com a chegada da marcação cai na área, a torcida pediu pênalti, mas o árbitro Elmo Resende deixou o jogo seguir.

A equipe vascaína só assustou o Corinthians aos 26 minutos, com um chute de fora da área de Nenê, que Cássio até deu rebote, não aproveitado por Madson.

O Vasco passou a jogar no contra-ataque e aos 32 minutos, após uma cobrança de escanteio de Nenê, Ramon pegou o rebote e obrigou Cássio a fazer uma boa defesa.

O Corinthians voltou à assustar aos 38 minutos, com Jô, depois de lançamento de Rodriguinho, mas mesmo com o lance parado por impedimento, o goleiro Martín Silva fez uma grande defesa.

E logo em seguida, a torcida pediu um novo pênalti em Jô, após o atacante aparentemente ter sido tocado por Breno, mas o árbitro novamente mandou o jogo seguir.

No final do primeiro, Rodriguinho ainda conseguiu perder um gol na pequena área, cabeceando a bola por cima das traves do Vasco.

A segunda etapa começa e o Corinthians parte para cima em busca do gol da vitória.

Logo aos seis minutos, em jogada de Jô, Rodriguinho disperdiça outra chance de abrir o marcador ao desviar a bola em cima de Martin Silva.

Aos oito minutos, Jadson, dentro da área bate por cima após jogada de Rodriguinho.

Com o Vasco na defesa, o Corinthians voltou a criar aos 14 minutos em joga da de Jadson, que rolou para Maycon chutar para fora.

Em outra chance corintiana, aos 24 minutos, Fágner arriscou de fora e a bola chegou a triscar a trave vascaína, após desvio na zaga.

E de tanto pressionar, os anfitriões conseguiram chegar ao gol, mas em um lance irregular. Marquinhos Gabriel, que entrou no lugar de Jadson, fez boa jogada pela esquerda e cruzou para área, a bola desviou na zaga do Vasco e estava quase entrando no gol, mas Jô chegou bem rente a trave, e com o braço, desviou a bola para o fundo do gol do Vasco, aos 28 minutos, 1×0 Corinthians.

Jô fez seu 13° gol no Brasileirão

Os jogadores cruz maltinos reclamaram muito com o quarto árbitro, que estava muito próximo do lance e mesmo assim não conseguiu ver a irregularidade no gol.

À essa altura do jogo, o Grêmio, em Porto Alegre, já perdia para a Chapecoense, e com isso o Corinthians voltava a ficar com dez pontos de vantagem para os gaúchos.

O Vasco ainda tentou empatar o jogo, mas o time da casa soube tocar bem a bola e segurar o resultado positivo.

O Corinthians volta à campo na quarta-feira, pela Copa Sul Americana, na decisão contra o Racing, na Argentina. Pelo Brasileirão, a equipe visita o desesperado São Paulo, no dia 24. E os cariocas jogam contra o Sport, dia 25, na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1×0 Vasco

Corinthians – Cássio, Fágner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Maycon, Camacho, Rodriguinho (Giovanni Augusto), Jadson (Marquinhos Gabriel), Romero e Jô (Kazim)      TEC- Fábio Carille

Vasco – Martin Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Edér Luís), Gilberto (Escudero), Wagner, Mateus Vital, Nenê e André Rios (Paulinho)    TEC – Zé Ricardo

Gols – Jô (COR) aos 28 minutos do segundo tempo

Cartão Amarelo – Romero (COR); Breno e Wagner (VAS)

Árbitro – Elmo Resende

Público – 41.235 pagantes

Estádio – Arena Corinthians

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *