Radar da Bola

Flu sai na frente, bobeia e toma virada na Arena da Baixada

Tricolor abre o placar no fim do primeiro tempo, mas com erros defensivos, leva a virada e perde de 3 a 1.

Atlético Paranaense e Fluminense entraram em campo com ambições de entrarem no G6 do campeonato, e como já era esperado, o furacão pressionou o Flu durante todo o primeiro tempo. Mas com um gol de Henrique Dourado no final da primeira etapa, o tricolor levou a vantagem para o intervalo.

Scarpa cobra escanteio na segunda trave, para Dourado de cabeça abrir o placar. (Foto: Divulgação)

Na volta para o segundo tempo, o Atlético se jogou mais ainda em busca do empate, que veio logo no início, após falta mal marcada, Felipe Gedoz bateu, a barreira abriu e mesmo a bola indo no meio do gol, Júlio César não conseguiu fazer a defesa.

Em falta mal marcada de Marlon Freitas em Nikão, Gedoz bateu pelo meio da barreira para empatar o placar. (Foto: Divulgação)

Com o empate logo no início, o furacão agrediu ainda mais em busca da virada, que veio com Ribamar, carrasco tricolor desde a época de Botafogo. O atacante recebeu uma enfiada de bola e na saída de Júlio César e o goleiro tricolor mais uma vez não conseguiu fazer a defesa.

Ribamar se joga na bola, para vencer Júlio César e virar o placar para o furacão. (Foto: Divulgação)

Com a vantagem no placar, o Atlético diminuiu o ritmo e mesmo assim chegou ao terceiro. Após a zaga tricolor afastar mal a bola, Jonathan, ex Flu bateu colocado da entrada da área, fazendo prevalecer a lei do ex e fechando o placar.

Ex Flu, Jonathan acerta um lindo chute para virar o placar. (Foto: Divulgação

Agora o tricolor tende virar a chave para buscar a classificação na Sul-Americana, contra a LDU, na altitude de Quito, em partida que o Flu se classifica apenas com o empate, ou derrota de um gol de d

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *