Radar da Bola

Chapecoense vence a Ponte Preta em casa pelo Brasileirão

A Ponte Preta jogou na tarde desse domingo (24) às 16h na Arena Condá em Chapecó (SC) contra a Chapecoense partida válida pelo Campeonato Brasileiro da Série A, o primeiro tempo a equipe da casa tentava trabalhar mais a bola nos minutos iniciais. A primeira chance de gol apareceu aos nove minutos quando o lateral Reinaldo deixou Nino Paraíba no chão, mas na hora do cruzamento acabou sendo travado pelo zagueiro Luan Peres.

O time campineiro aos poucos começava a se soltar, a partida em si não apresentava um bom nível técnico, com isso a Ponte passou a ocupar mais os espaços ofensivos. O lateral Danilo Barcelos aos 21 minutos cobrou a falta no travessão, mas na sobra o atacante Wellington Paulista mandou para escanteio. A Chape começava a se animar no final da etapa inicial aos 40 minutos já que Reinaldo finalizou de longa distância tirando tinta da trave esquerda do goleiro João Carlos.

A animação da torcida mandante começava a ficar boa aos 42 minutos quando o volante Lucas Marques soltou uma bomba da intermediária isso fez com que o goleiro João Carlos tentasse espalmar para escanteio, mas não conseguiu e aceitou que a bola entrasse no fundo do gol abrindo o placar e assim a primeira etapa terminou com a vitória da Chapecoense por 1 a 0.

Comemoração do gol da Chapecoense (Foto: Chapecoense Oficial)

O segundo tempo a equipe da Ponte tinha feito uma modificação, o treinador Eduardo Baptista sacou o atacante Felipe Saraiva para a entrada do lateral Jeferson. Ele foi improvisado na ala esquerda, dando mais liberdade para Danilo Barcelos atuar como um meia aberto na esquerda. A alteração fez com que o atacante Lucca passasse a jogar mais centralizado.

A modificação surtiu efeito logo que no primeiro minuto chegou próximo de marcar o gol de empate, o atacante Léo Gamalho tentou finalizar duas vezes sem sucesso. Na primeira, ele chutou em cima da zaga e na sequência cabeceou para fora. O time catarinense depois do susto começava a criar duas boas chances na sequência e aos oito minutos, o atacante Arthur finalizou na entrada da área e João Carlos fez uma boa defesa.

O time do interior paulista mostrou muita falta de criatividade, a equipe rodou bastante a bola, mas sem conseguir ser vertical. As primeiras chances da Ponte Preta foram em bolas aéreas. A Chape teve a oportunidade de ampliar aos 27 minutos quando o atacante Penilla saiu na cara de João Carlos, mas ele chutou por cima do arqueiro do time da Macaca e assim a partida terminou com a vitória da Chapecoense por 1 a 0.

A Chapecoense volta a jogar no próximo sábado (30) às 16h fora de casa contra o Vasco da Gama já a Ponte Preta joga no dia 02 de outubro (segunda feira) às 20h em casa contra o Flamengo.

Ficha Técnica

Público: 9.980 pagantes

Renda: R$ 204.970,00

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima/RS

Assistentes: Lúcio Bieresdorf Flor/RS e Leirson Peng Martins/RS

Cartões Amarelos

Chapecoense: Moisés Ribeiro, Lucas Mineiro, Reinaldo e Lucas Marques

Ponte Preta: Danilo Barcelos, Marlon e Fernando Bob

Chapecoense

Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Lucas Marques (Elicarlos) e Lucas Mineiro; Alan Ruschel (Penilla), Wellington Paulista e Artur (Túlio de Melo)

Técnico: Emerson Cris

Ponte Preta

João Carlos; Nino Paraíba, Marlon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Fernando Bob, Jadson (Léo Arthur) e Wendel (Claudinho); Felipe Saraiva (Jeferson), Léo Gamalho e Lucca

Técnico: Eduardo Baptista

Facebook

Twitter

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *