Radar da Bola

Atropelou! Juventus goleia em clássico contra Torino com Pjanic e Dybala inspirados

Jogando sem Gonzalo Higuaín, Juventus venceu o Torino em casa no famigerado Derby della Mole. No 5º jogo sem sofrer gol, a melhor defesa da Itália viu seu maestro jogando magicamente. Com um gol e duas assistências, Miralem Pjanic regeu o time nesta tarde de sábado (23).

Por opção tática, Massimiliano Allegri optou por não escalar Higuaín. Bastante questionado pelos torcedores, o argentino que custou 90 milhões de euros está com apenas dois gols nos últimos cinco jogos como titular. Do outro lado, o Torino trouxe no time titular Tomás Rincón, velho conhecido da Juve e está emprestado apenas, e o brasileiro Lyanco, ex-jogador do São Paulo de apenas 20 anos. Também vale destacar a presença de M’baye Niang e Nicolas Nkoulou, que vieram de Milan e Lyon respectivamente, ambos por empréstimo.

Miralem Pjanic marcou pela segunda vez contra o Torino

A Juventus começou pressionando forte o adversário e conseguiu o gol rapidamente. Logo aos 16′, Pjanic rouba a bola de Rincón e toca para Dybala. Imparável, correu pra dentro e bateu forte cruzado para abrir o placar. O artilheiro do Calcio já tem 10 gols em 6 jogos. Aos 23′, Baselli vai com o pé no corpo de Pjanic, leva o segundo amarelo e é expulso, facilitando mais ainda as coisas para os anfitriões.

O jogo  foi decidido ainda no primeiro tempo. Aos 40′, Cuadrado recebeu pela direita de Alex Sandro. O colombiano tocou para trás e Miralem Pjanic colocou com a precisão que só ele tem no canto direito de Sirigu. Foi o primeiro gol do bósnio-herzegóvino na temporada.

No segundo tempo, o domínio não mudou de lado. Numa partida mágica, Pjanic cobrou um escanteio com precisão da cabeça de Alex Sandro. O camisa 12 testou firme para o gol fazendo o 3-0. Vale lembrar que Alex foi convocado por Tite para jogar os últimos dois jogos das eliminatórias sul-americanas. Isso aconteceu pois Marcelo, do Real Madrid, se lesionou e não vai poder jogar.

Sirigu chegou a salvar o Torino algumas vezes mas não foi o suficiente para conseguir sair do jogo com algo. E ainda teve tempo para um quarto gol. Pjanic deu mais um bom passe para Higuaín, que tentou driblar, perdeu a bola e ela sobrou para Paulo Dybala marcar seu décimo gol no campeonato italiano e fechar o placar em 4-0

Os compromissos das equipes de Turim são ambos em seu próprio território. A Juventus recebe a equipe grega Olympiacos pela segunda rodada da Champions League e precisa demais da vitória depois da derrota na estreia da competição. Já o Torino recebe o Chievo Verona e certamente buscará fazer uma exibição melhor para seus torcedores.


Juventus 4 x 0 Torino – Serie A TIM – 6ª rodada

Estádio: Allianz Stadium

Juventus (4-2-3-1): Buffon; Lichtsteiner, Benatia, Chiellini, Alex Sandro; Pjanic, Matuidi (Bentancur); Cuadrado (Bernardeschi), Dybala, Douglas Costa; Mandzukic (Higuaín)
Técnico: Massimiliano Allegri

Gols.: Dybala (16′ 90′) Pjanic (40′) Alex Sandro (57′)

Torino (4-2-3-1): Sirigu; De Silvestri, N’koulou, Lyanco, Ansaldi; Rincón (Gustafson), Baseli (Expulso); Iago Falqué (Acquah), Ljajic, Niang (Boyé); Belotti
Técnico: Sinisa Mihajlovic

Gols.:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *