Radar da Bola

Com golaço de Egídio, Palmeiras vence o Fluminense no Rio e diminui vantagem para o líder

Com belo gol de Egídio no final do primeiro tempo, o Palmeiras derrotou o Fluminense por 1 a 0 neste domingo, em pleno Maracanã, e confirmou sua arrancada no Campeonato Brasileiro. Com quatro jogos de invencibilidade (três vitórias e um empate), o Verdão mantém vivo seu sonho de conquistar o bicampeonato consecutivo. O tricolor carioca, porém, chegou mais perto da zona de rebaixamento.

O Palmeiras tem a melhor sequência entre os três rivais que estão acima da tabela (Grêmio, Santos, e o líder Corinthians), e com a vitória, chegou aos 43 pontos, se firmando no 4º lugar. Já o Fluminense estacionou nos 31 pontos, e chegou ao quarto jogo seguido sem vencer no campeonato. Com o resultado, terminou a rodada na 12ª posição, apenas quatro acima da zona de degola.

O esquema tático de Cuca foi um 4-3-3, com Jean, Moisés e Tchê Tchê jogando de forma mais compacta, sem afogadilho. Apesar dos times buscarem o ataque desde o início, o primeiro tempo foi monótono, com pouca criatividade de ambos os lados e limitadas oportunidades de gols. O time da casa até teve oportunidade de abrir o placar aos 17 minutos, com Léo cabeceando com perigo, mas emoção mesmo viria só aos 41 minutos, com o gol de Egídio de fora da área.

Apesar do confronto mediano, o resultado do jogo foi justo, pois, apesar de estar longe de mostrar seu melhor futebol, o Palmeiras foi superior em campo e buscou mais o ataque, com Deyverson e Willian. Já o Fluminense não conseguia criar chances para abrir o placar, além de permitir que o rival rondasse com frequência a área de Júlio César.

No finalzinho da primeira etapa, Moisés arriscou de fora da área, a bola bateu na zaga fluminense e sobrou para Egídio, que de longe, acertou um belo chute no ângulo esquerdo do goleiro. O Verdão ainda reclamou de um pênalti não marcado a seu favor no primeiro tempo, depois de Léo atingir Dudu dentro da área.

Após o intervalo, o Fluminense voltou a campo em busca do empate. A equipe alviverde não recuou e respondeu, e o jogo esquentou com ambas as equipes partindo para o ataque. Aos oito minutos, Willian mandou a bola para Moisés dentro da área, que chutou rasteiro, acertando a trave do goleiro adversário. O tricolor carioca responderia logo depois, na primeira vez que conseguiu trabalhar bem uma jogada no ataque: Wendel tocou para Douglas, que chutou forte, mas Prass conseguiu fazer bela defesa e impedir o empate.

Apesar da pressão do Fluminense, o Palmeiras esteve mais perto de ampliar o placar, do que de sofrer o empate. O time conseguiu administrar a partida e esperou pelas melhores oportunidades na tentativa de marcar o segundo gol.

Em um contra-ataque, Juninho recebeu passe de Roger Guedes, ficou frente a frente com Júlio César, mas chutou sobre o goleiro. Enquanto isso, o Fluminense não conseguia articular nenhuma jogada, nem ser eficiente nas finalizações. E o segundo tempo terminaria da mesma maneira que começou: 1 a 0 para o Palmeiras, e o quarto revés seguido do Fluminense.

Na próxima rodada, as equipes têm duelos contra times que ocupam o topo da tabela. O Verdão fará clássico com o Santos, no sábado, às 19h, no Allianz Parque. Para este jogo, o técnico Cuca terá ao menos dois desfalques: Egídio e Edu Dracena, que receberam o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão automática. Já o Fluminense visitará o Grêmio, domingo, às 16h, na Arena do Grêmio.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *