Radar da Bola

Classificação com marca de Pedro Rocha

Era uma possível noite de despedida de Luan do Grêmio, o principal jogador e “rei dos números”. Mas os prováveis olheiros que estiveram na Arena, na noite desta quarta-feira, devem ter ficado impressionados com o desempenho individual de Pedro Rocha, autor de dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o Godoy Cruz. Como o Grêmio já tinha vencido o confronto de ida por 1 a 0 na Argentina, se garantiu nas quartas de final da Libertadores. Espera agora o adversário entre Botafogo e Nacional-URU, que se enfrentam nesta quinta-feira.

 

Primeiro tempo

O Grêmio começou o jogo apagado e deixou o Godoy Cruz avançar. Marcelo Grohe salvou duas vezes logo no início. Mas na terceira tentativa falhou em chute de longe de Correa, que o encobriu e abriu o placar, aos 13. Sorte tricolor que o goleiro do Godoy também não estava inspirado. Depois de um cruzamento despretensioso de Luan, Burián bateu roupa, Barrios se aproveitou e rolou para Pedro Rocha empatar, aos 28. Recuperado, o time gaúcho passou a controlar a partida e criou chances de virar, mas a primeira etapa terminou empatada.

 

Segundo tempo

A segunda etapa teve bem menos intensidade do que a primeira. Mas o protagonista foi o mesmo: Pedro Rocha. Só que até a bola chegar ao atacante, contou com o brilho espetacular de Pedro Geromel. Em um contra-ataque rápido, o zagueiro avançou como se fosse articulador. O defensor foi a principal luz na jogada, que ainda circularia pelos pés de Luan e Barrios. O centroavante arrematou na trave. Pedro Rocha só teve o trabalho de rebater para as redes.

A partida se tornaria morosa, sem dificuldades ou emoção. O Grêmio valorizava a posse de bola, deixava o cronômetro passar até garantir vaga e manter o sonho do tri da Libertadores.

GRÊMIO 2 X 1 GODOY CRUZ (ARG) – LIBERTADORES DA AMÉRICA – OITAVAS (VOLTA)

Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Árbitro: Enrique Cáceres, auxiliado por Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla (trio do Paraguai)

Amarelos: Grêmio – Michel (dois), Maicon e Fernandinho; Godoy Cruz – Abecasis, Galeano, Henríquez e Olivares.

Vermelho: Michel (Grêmio)

Público: 38.797 (36.204 pagantes) / Renda: R$ 1.543.736,00

Gols: Grêmio – Pedro Rocha (28’/1ºT e 13’/2ºT); Godoy Cruz – Javier Giménez (13’/1ºT).

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann, Bruno Cortez; Maicon (Arthur), Michel, Ramiro (Fernandinho), Luan, Pedro Rocha (Marcelo Oliveira); Lucas Barrios. Técnico: Renato Portaluppi

Godoy Cruz-ARG: Burián; Abecasis, Galeano, Olivares e Angileri; Rodríguez (Augustin Verdugo), Henríquez (Facundo Silva), Giménez e Garro (Ángel González); Correa e Morro Garcia. Técnico: Maurício Larriera

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *