Radar da Bola

Botafogo vence o Nacional e elimina mais um ex-campeão da Libertadores

(Foto: André Durão/Globoesporte.com)

Ontem foi dia de festa no Estádio Olímpico Nilton Santos. Pouco mais de 40 mil pessoas foram assistir ao segundo jogo entre Botafogo e Nacional, que mais uma vez teve mosaico. E no campo o time correspondeu e passou como um rolo compressor em cima dos uruguaios. O Glorioso venceu por 2×0, gols de Rodrigo Pimpão e Bruno Silva, e se habilitou para enfrentar o Grêmio nas quartas de final. Entretanto, antes desse jogo pela Libertadores, enfrentará o próprio Grêmio no Brasileiro e o Flamengo na semi-final da Copa do Brasil.

O JOGO

O Botafogo entrou para decidir logo e conseguiu. Aos dois minutos João Paulo cobrou escanteio e Bruno Silva subiu para cabecear e fazer o primeiro gol. E aos cinco minutos, Rogel recuou mal para o goleiro, Rodrigo Pimpão se antecipou e fez o gol de carrinho. Com 3×0 no agregado, o Alvinegro tirou o pé, mas ainda assim o Nacional não se encontrava no jogo e o Botafogo foi quem esteve perto de fazer mais gols com Roger e Rodrigo Lindoso.

Bruno Silva e Luís Ricardo comemorando o primeiro gol imitando Usain Bolt (Foto: Reuters)

O panorama no segundo tempo não mudou: o Botafogo mandava no jogo. Roger tentou mais duas vezes, mas esbarrou no goleiro Conde. Entretanto, o atacante estava mais para garçom e quase deixou Rodrigo Lindoso e Victor Luís na cara do gol. Quando Guilherme entrou, o Nacional cresceu, pois o Botafogo recuou para matar no contra-ataque. E Gatito Fernández, nas poucas vezes que foi testado, mostrou serviço. Já no fim do jogo Polenta dá uma cotovelada em Victor Luís e é expulso direto junto com Sebastián Rodríguez. Victor Luís também foi expulso injustamente pela confusão, já que foi a vítima. E antes de terminar o jogo Aguirre chuta Guilherme sem bola e também é expulso. No fim festa botafoguense nas arquibancadas!

(Foto: André Durão/Globoesporte.com)

Botafogo: Gatito Fernández; Luís Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Dudu Cearense), Bruno Silva e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Gilson). Treinador: Jair Ventura.

Nacional: Conde; Fucile (Leandro Barcia), Rogel, Polenta e Espino; Arismendi, Álvaro González (Hugo Silveira) e Sebastián Rodríguez; Viúdez, Rodrigo Aguirre e Sebastián Fernández (Kevin Ramírez). Treinador: Martín Lasarte.

Cartões amarelos: Botafogo – Matheus Fernandes, Dudu Cearense, João Paulo e Roger. Nacional – Arismendi, Hugo Silveira e Kevin Ramírez.
Cartões vermelhos: Botafogo – Victor Luís. Nacional – Polenta, Sebastián Rodríguez e Rodrigo Aguirre.

Local: Estádio Olímpico Nilton Santos, Rio de Janeiro/RJ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *