Radar da Bola

Everton marca, Flamengo vence o Vasco e assume a vice-liderança.

Um clássico muito truncado, feio, brigado, faltas duras e marcado por muitas lesões e cartões. Um primeiro tempo que teve apenas 1 finalização certa no gol. Foi do atacante Paolo Guerrero. Na segunda etapa mais faltas duras e confusão. Ambos os times com pouca criatividade. Aos 18 Diego tentou abrir o placar mas falhou na finalização. Everton Ribeiro aos 19min recebeu a bola, deixou o lateral Henrique caído e cruzou na medida para o seu xará Everton cabeçar sem defesa para Martín Silva. Logo após o gol rubro negro, Luís Fabiano tentou um belo voleio da meia-lua, mas o goleiro Thiago fez boa defesa.  

Com o resultado o Vasco perdeu o segundo jogo em casa, e o Flamengo garante a sua quarta vitória seguida no campeonato brasileiro subindo para 23 pontos e pulando para a 2º colocação. O time de São Januário continua com 16 pontos.

Após o apito final aconteceu uma grande confusão na arquibancada do estádio entre torcidas organizadas do Vasco. A polícia tentou intervir com gás de pimenta. Jogadores do Flamengo e membros da imprensa, ficaram presos no gramado.

Autor de mais uma assistência, o camisa 7 da Gávea lamentou a situação e mostrou incomodado.

– Triste ver a torcida assim. Tem família aqui. Muita gente do bem que vem assistir ao jogo e não merece isso. (O gás de pimenta) está ardendo um pouco, mas isso não é nada. É difícil para quem está lá no meio.

Outro que falou foi o volante Márcio Araújo, criticando a marcação do clássico para São Januário e o presidente do Vasco, Eurico Miranda.

– O pior que a gente está em 2017 e as pessoas permitem certas coisas. É autoritário o cara falar que não vai jogar em outro lugar e não joga, e fica como o senhor da questão, dono de todas as coisas. A gente sabe que o acesso é difícil, a gente fica num espaço reduzido. São coisas que acontecem e são premeditadas. Dava para evitar – disse.

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Paulão, Rafael Marques e Henrique, Wellington, Bruno Paulista (Andrey), Mateus Vital (Wagner), Yago Pikachu (Manga Escobar) e Nenê; Luis Fabiano. Tec: Milton Mendes.

FLAMENGO: Thiago, Rodinei, Rodholfo (Léo Duarte) (Romulo), Rafael Vaz e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Gustavo Cuéllar, Everton Ribeiro, Diego e Everton; Paolo Guerrero (Leandro Damião) Tec: Zé Ricardo.

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Renda: R$ 747.640,00

Público: 18.328 pagantes

Cartões amarelos: Paulão, Nenê, Andrey, Gilberto e Luís Fabiano (Vasco); Guerrero (Flamengo)

 

Por: Luiz Fernando Pires

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *