Radar da Bola

De virada, Vitória bate o Atlético-GO e deixa a zona de rebaixamento

Em partida disputada na tarde deste sábado (08), em Goiânia, o Vitória enfrentou o Atlético Goianiense, no chamado “jogo de seis pontos”, já que ambas as agremiações estavam na zona de rebaixamento.

Tanto Alexandre Gallo quanto Doriva visavam que suas equipes conquistassem o triunfo, para se reabilitarem e então seguirem o rumo dos respectivos planejamentos para o certame.

O técnico Alexandre Gallo manteve praticamente a mesma equipe que havia disputado o clássico BaVI na rodada passada, com David mantido ao lado de André Lima no setor ofensivo, já que Kieza está fora pelos próximos meses e Thallyson ocupou a vaga de Geferson (suspenso).

O confronto começou bem movimentado, com as equipes buscando o melhor posicionamento no campo e as chances reais para gols.

O mandante tentava vencer a marcação imposta pelo visitante, mas a disposição tática proposta por Gallo foi eficiente quando exigida.

Aos 36 minutos, Patric inicia o lance, e passa para Cleiton Xavier, que toca para André Lima concluir. Atlético-GO 0x1 Vitória.

Pouco tempo depois, o Vitória logo teve problemas para seguir a partida. Gallo precisou fazer uma substituição, quando o meia Yago deixou o jogo sentindo dores e foi substituído por Uillian Correia.

Aos 46, o visitante teve uma boa chance para ampliar a vantagem, quando o lateral Thallyson chegou livre de marcação e cruzou para a área defendida por Felipe.

Na etapa complementar, o Atlético retorna com duas alterações para deixar seu ataque mais agressivo: Walter e Jonathan assumem as vagas de Breno Lopes e Eduardo, respectivamente.

As alterações de Doriva pareciam ter correspondido, pois nos primeiros cinco minutos, Walter e Andrigo assustaram os baianos.

Aos 6 minutos, o Vitória perde seu capitão. O volante Willian Farias deixa o gramado e Gallo resolve inserir Fred em seu lugar.  O Leão passa a ficar mais exposto às investidas do Dragão, que seguiram frequentes.

Aos 12 minutos foi a vez de André Lima sair da partida. Ele já havia sentido-se mal no fim da etapa anterior e segurou até onde pôde. O jovem Rafaelson o substituiu. Aos 17, Niltinho entrou na vaga deixada por Silva e assim o Dragão fechou o seu ciclo de mudanças no duelo.

O Rubro-Negro baiano recuou enquanto o goianiense cresceu nos erros do adversário. Aos 23 minutos, após a cobrança de escanteio de Bruno Pacheco, o zagueiro Roger Carvalho desvia a bola para Andrigo completar e empatar. Atlético-GO 1×1 Vitória.

Apesar de toda a pressão atleticana foi a equipe baiana que se deu bem. Aos 42 minutos, David recebe lance de Patric e passa para Rafaelson. O camisa 20 do Leão vê Uillian Correia livre e chuta. O camisa 7 chega até a área adversária e manda um belo petardo, decretando o triunfo para o visitante. Final: Atlético-GO 1×2 Vitória.

O resultado manteve os goianos na lanterna. Já os baianos sobem para a 16ª posição (momentaneamente ) com 12 pontos, fora da zona de rebaixamento, mandando o rival – Bahia para a 17ª colocação.

Na rodada seguinte, o Vitória recebe o Vasco no Barradão e o Atlético-GO sai para duelar com o São Paulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *