Radar da Bola

Sampaoli é apresentado como treinador da Argentina

Sampaoli foi oficialmente apresentado na tarde desta quinta-feira 1 de Junho. O treinador deixou o Sevilla com a missão de classificar a seleção argentina para a Copa do Mundo da Rússia. O acordo entre técnico e seleção é de cinco anos.

 O técnico de 57 anos chega ao novo desafio após boas passagens na seleção chilena, sendo campeão da Copa América de 2015 justamente sobre a própria Argentina, e uma passagem de uma temporada pelo Sevilla.

Logo em sua primeira declaração como treinador da seleção, Sampaoli falou sobre a sensação de assumir a Argentina pela primeira vez em sua carreira. O ex-técnico do Chile falou sobre um sonho se cumprindo, uma vez que ele não se realizou em outras oportunidades.

– É verdade que estou cumprindo um sonho que tinha há muito tempo. E hoje isso se concretiza. Lamentavelmente, não dava tempo para concretizar. Havia situações que impediam ou então ficava à espera. Agradeço a paciência do presidente. É um momento especial. Temos de construir uma equipe que respeite a história do futebol argentino. Existem mais de 100 jogadores em observação

Ainda em outro ponto de sua entrevista o novo técnico exalta a mudança de pensamento pela seleção:

– “Esta seleção não é um grupo de jogadores, e sim 40 milhões de argentinos”.

E logo de cara Sampaoli tem um desafio grande pela Argentina, o treinador enfrenta o Brasil, seu maior rival. No próximo dia 9, as duas equipes se enfrentam em Melbourne, na Austrália. Para o duelo, Sampaoli chamou Icardi e Lanzini, mas deixou Sergio Agüero de fora. Ainda sobre Icardi o técnico disse:

– “A convocação de Mauro Icardi foi feita de acordo com seu rendimento em seu clube”.

Sobre as eliminatórias o técnico foi bem claro:

– “A dificuldade das eliminatórias é real, temos sonhos de mudar isso e Argentina estar no Mundial”

 Em quinto nas Eliminatórias, a Argentina soma 22 pontos após 14 partidas. Faltando quatro jogos para o fim da classificação, Sampaoli terá a missão de subir pelo menos uma posição na tabela para escapar da repescagem e garantir a ida à Rússia no ano que vem. E sobre isso o técnico declara:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *