Radar da Bola

Rússia vence Nova Zelândia e estreia na Copa das Confederações com o pé direito

Foto: Alexander Vilf/AFP

A Rússia fez o dever de casa e venceu a equipe da Oceania por 2×0. Os gols foram de Smolov e Boxall (contra). Os russos dormem na liderança até amanhã quando Portugal de Cristiano Ronaldo encara o México. Na próxima rodada a Rússia terá Portugal pela frente. O jogo será quarta (21) às 12:00 (horário de Brasília). Já os neozelandeses encaram os mexicanos também na quarta (21), mas às 15:00 (horário de Brasília).

O JOGO

Assim que o árbitro apitou o início da partida, a Rússia tomou conta do jogo. Aos dois minutos, Golovin solta um petardo de fora da área, Marinovic tenta afastar de soco, mas quase manda para o próprio gol. A bola saiu pela linha de fundo. Após um escanteio, aos seis minutos, Vasin mergulhou e mandou a bola, de cabeça, na trave da Nova Zelândia. Dois minutos depois a Rússia quase abre o placar: Poloz mata a bola no peito e consegue desviar com a ponta do pé, Smith evita o gol quase em cima da linha. Aos 21 minutos finalmente a Nova Zelândia chega com perigo: Wood fica com a sobra e chuta por cima do gol de Akinfeev. Aos 25 minutos a resposta russa: Dzhikiya chuta e Marinovic faz bela defesa. Aos 29 minutos a Rússia chega ao seu gol: Samedov lança Smolov, que marca, porém o árbitro deu impedimento. Mas aos 31 minutos a Rússia abriu o placar: Erokhin roubou a bola, Poloz agiu rápido e deixou Glushakov na cara do gol, que deu um toque por cobertura em Marinovic, Boxall tentou tirar mas jogou contra o próprio patrimônio. E foi só no primeiro tempo.

A Rússia voltou para a etapa final partindo pra cima da Nova Zelândia. Logo aos dois minutos Marinovic defende uma cabeçada de Poloz e depois o rebote de Erokhin. Aos sete minutos um contra-ataque perigoso russo: Golovin avançou com a bola e abriu para Poloz, que bateu cruzado e colocado, mas Marinovic defendeu, e Thomas salvou com um carrinho o gol certo de Smolov. Aos 15 minutos Golovin sofreu uma falta perigosa que Samedov cobrou e passou muito perto do gol. Aos 24 minutos a Rússia chega ao segundo gol: Smolov começou a jogada abrindo para Samedov, que devolveu para o camisa 9 que chutou rasteiro para o fundo das redes neozelandesas. Aos 32 minutos finalmente nova chegada perigosa da Nova Zelândia: Thomas solta uma bomba e Akinfeev defende colocando para escanteio. E na cobrança, Smith desvia de cabeça e Zhirkov tira em cima da linha. Depois só deu Rússia novamente: aos 38 minutos Smolov cruza da esquerda e Bukharov não alcança por centímetros; aos 43 minutos Smolov faz jogada individual, chuta da entrada da área e Marinovic não dá rebote; e aos 47 minutos, após um escanteio, Glushakov e Bukharov não consegue fazer o terceiro porque o goleiro chega abafando.

Rússia: Akinfeev; Samedov, Kudryashov, Vasin, Dzhikiya e Zhirkov; Erokhin (Tarasov), Glushakov e Golovin; Smolov (Miranchuk) e Poloz (Bukharov). Treinador: Stanislav Cherchesov.

Nova Zelândia: Stefan Marinovic; Colvey (Monty Patterson), Smith, Durante, Boxall e Deklan Wynne; Barbarouses (Tuiloma), McGlinchey e Ryan Thomas; Rojas (Smeltz) e Wood. Treinador: Anthony Hudson.

Cartões amarelos: nenhum.
Cartões vermelhos: nenhum.

Local: Arena Zenit, São Petersburgo (Rússia)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *