Radar da Bola

Portugal goleia Nova Zelândia e está na semifinal

Comandada por Cristiano Ronaldo, Portugal goleou a Nova Zelândia por 4 a 0. Com o resultado, os lusos estão garantidos na semifinal da Copa das Confederações, onde voltarão a entrar em campo na quarta-feira, em Kazan.

Jogando para o maior público da competição (56.290 pessoas), Portugal não decepcionou e fez o seu dever. Apesar de jogar contra um time fraco, a seleção campeã da Europa apresentou problemas para criações de jogadas e principalmente, falhas no setor defensivo.

Atuando contra uma equipe defensiva, apesar das 22 finalizações ao gol, Portugal teve sua primeira chance somente aos 23 minutos. Em bola levantada na área, Cristiano Ronaldo cabeceou nas mãos do goleiro Marinovic. Dois minutos mais tarde, o camisa 7 novamente cabeceou sozinho e mandou no travessão, na sequência a defesa afastou. A bola aérea era o ponto fraco da defesa neozelandesa, em cobrança de escanteio, Danilo subiu mais que os zagueiros e quase abriu o placar.

O primeiro gol não saiu de cabeça mas sim, na marca do cal. Em cobrança de escanteio, o zagueiro Danilo foi derrubado por Doyle, o juiz marcou o pênalti. Cristiano Ronaldo se encarregou de abrir o marcador.  O gajo anotou seu 37º gol em 37 jogos em 2017.

O segundo gol não demorou a sair. Em jogada na linha de fundo, Eliseu que substituiu Raphael Guerrero por lesão, cruzou para Bernardo Silva, o camisa 10 desviou e mandou para as redes. Apesar do gol, Bernardo Silva se machucou no lance e não retornou para a etapa final.

O segundo tempo teve uma mistura de susto e alegria para os portugueses. Com a vantagem de 2 a 0, Portugal não esboçou muita vontade de golear, enquanto a Nova Zelândia não aproveitou as falhas do adversário para diminuir o placar.

A grande chance da seleção da Oceania veio aos 12 minutos. Doyle cruzou rasteiro, a bola atravessou a área, o capitão Wood deu carrinho e a bola parou em Bruno Alves. O susto acordou os portugueses. Cristiano Ronaldo apareceu primeiro que o zagueiro e cabeceou com força mas, a bola parou em Marinovic, na sequência o zagueiro recuou para o goleiro. Se o craque de Portugal não conseguia anotar seu segundo gol, André Silva apareceu para marcar o seu. Em jogada individual, o camisa 9 driblou Smith e bateu cruzado para anotar o 3 a 0.

Nos acréscimos, Nani recebeu de André Silva e bateu com força de esquerda e fechou o placar para 4 a 0 e a classificação dos portugueses em 1º lugar do grupo A.

FICHA TÉCNICA
NOVA ZELÂNDIA 0 X 4 PORTUGAL

Local: Estádio de São Petersburgo, em São Petersburgo (RUS)
Data: 24 de junho de 2017, sábado
Horário: 12 horas (de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)
Assistentes: Joe Fletcher (CAN) e C.J. Morgante (EUA)
Público: 56.290 pagantes
Cartão Amarelo: Lewis (Nova Zelândia); Semedo e Pepe (Portugal)

GOLS:
PORTUGAL: Cristiano Ronaldo, aos 35 minutos do 1º tempo; Bernardo Silva, aos 37 minutos do 1º tempo; André Silva, aos 35 minutos do 2º tempo; Nani, aos 46 minutos do 2º tempo

NOVA ZELÂNDIA: Marinovic; Ingham, Boxall, Durante (Smeltz), Smith e Doyle; McGlinchey (Tuiloma), Ryan Thomas e Marco Rojas; Lewis (Barbarouses) e Wood. Técnico: Anthony Hudson

PORTUGAL: Rui Patrício; Semedo, Pepe, Bruno Alves e Eliseu; Danilo Pereira, João Moutinho, Quaresma (Gelson Martins) e Bernardo Silva (Pizzi); André Silva e Cristiano Ronaldo (Nani). Técnico: Fernando Santos

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *