Radar da Bola

Nos acréscimos, México empata com Portugal na Copa das Confederações

A estreia das duas equipes terminou com o empate de 2 a 2. Portugal teve a vantagem duas vezes no placar mas, o México buscou o empate. Com gols de Quaresma e Cedric para os portugueses, os mexicanos viram Chicharito e Héctor Moreno igualarem o marcador.

O jogo

Antes da partida, foi realizado um minuto de silêncio devido a tragédia de um incêndio florestal, que vitimou os moradores do município português de Pedrógão Grande, em Leiria, deixando mais de 60 mortos no sábado. A partida foi equilibrada, com os mexicanos tendo a maior posse de bola, enquanto Portugal criando as melhores chances.

O jogo foi marcado por muitos erros de passes, principalmente dos portugueses que tinham dificuldades para criar as jogadas e com isso, os zagueiros Pepe e Fonte tinham que afastar a bola. Do lado mexicano, os comandados de Juan Carlo Osório tinham a posse de bola e boa movimentação no entanto, tinham problemas para encontrar chances de gol.

A primeira chance de gol saiu com Pepe, porém, foi bem anulado. A anulação foi o marco da partida pois, esta  competição aderiu o ‘árbitro de vídeo’. O lance saiu aos 20 minutos, em belíssimo chute de esquerda de Cristiano Ronaldo na trave, na sequência, Nani pegou o rebote e bateu cruzado para a área, Pepe desviou e a bola entrou. Após alguns minutos, o juiz Nestor Pitana anulou o gol com a ajuda dos auxiliares de vídeo. Aos 34 minutos, os portugueses puderam comemorar. Em lançamento da defesa para Cristiano Ronaldo, o camisa 7 aproveitou a falha do defensor e invadiu a área e deu belíssimo passe para Quaresma, que com muita categoria dominou, tirou Ochoa da jogada e somente empurrou para a rede.

O México não se assustou com o gol. O atacante Chicharito recebeu cruzamento de Giovanni e cabeceou no chão e com facilidade para a defesa de Rui Patrício. Mas aos 42 minutos, não perdoou. Se do lado mexicano a falha originou o gol, Raphael Guerrero resolveu recompensar. O lateral esquerdo de Portugal não fez uma boa partida e no cruzamento ele furou a bola, Carlos Vela aproveitou e cruzou de primeira para Chicharito mergulhar de cabeça e empatar o jogo. No final da primeira etapa, novamente Chicharito teve a chance de virar o jogo mas mandou a bola para a arquibancada.

O segundo tempo foi de domínio mexicano, os comandados de Osório tinham a posse de bola e não deixava a seleção portuguesa trocar passes. Vendo a dificuldade para sair jogando, Fernando Santos colocou Gelson Martins, Adrien e André Silva. O time melhorou e igualou o jogo. As melhores oportunidades vieram no final da partida.

Aos 34 minutos, Quaresma recebeu de Cristiano Ronaldo e bateu de primeira para a defesa de Ochoa. Na sequência, Giovanni dos Santos avançou a área portuguesa e bateu fraco para fora. Aos 39 minutos, André Silva apareceu e quase virou o jogo. Em cruzamento do xará André Gomes, ele subiu com estilo e cabeceou para o chão, Ochoa se esticou e fez grande defesa. Porém, aos 40 minutos o goleiro não pôde fazer nada. Gelson Martins cruzou rasteiro, Herrera afastou mal e Cedric aproveitou, bateu cruzado e com desvio tirando as chances de defesa para Ochoa.

Com a vitória, Portugal assumia a segunda posição do grupo A. Os portugueses poderiam matar o jogo em um contra ataque, Gelson Martins recebeu de André Silva e finalizou tirando tinta da trave esquerda de Ochoa. Se Gelson Martins não fez, Héctor Moreno não falhou. Nos acréscimos, em cobrança de escanteio, o zagueiro subiu mais que Fonte e cabeceou para o gol, empatando o jogo em 2 a 2.

Na próxima rodada, as duas equipes jogarão na quarta-feira (21). Portugal irá a Moscou enfrentar os donos da casa, a Rússia, às 12h. Já o México terá a grande chance de conquistar os três pontos, encarando a Nova Zelândia, às 15h, em Sochi.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *