Radar da Bola

No confronto entre Leões, Vitória bate o Sport fora de casa e deixa o Z4

O primeiro clássico nordestino para o Vitória, dentro da atual edição do Campeonato Brasileiro da Série A de 2117 foi contra o Sport e ocorreu na noite deste Domingo (18), no Estádio da Ilha do Retiro.

O Leão da Barra buscava seu primeiro triunfo fora de casa, ao mesmo tempo em que o Leão da Ilha queria os três pontos para manter distância da zona de rebaixamento.

O técnico Alexandre Gallo acabou surpreendendo na escalação e mudou o sistema do habitual 4-3-3 para o 4-4-2, sacando o centro-avante do esquema. Ele deixou David e Neilton no setor ofensivo, escolheu Yago para a vaga de Gabriel Xavier (suspenso) e ainda lançou Patric no meio-campo, além do retorno do lateral Geferson.

Com a bola rolando, o clube baiano iniciou o duelo com maior parte das ações favoráveis. O mandante tentava conter as investidas, mas não foi tão eficiente quanto Vanderlei Luxemburgo esperava.

Aos 16 minutos, o volante Uillian Correia não desperdiçou a chance e abriu o placar. Sport 0x1 Vitória. Naquele momento, o time baiano já deixava a zona de rebaixamento e invertia de posição com o anfitrião, pois havia igualado a pontuação e tinha melhor saldo de gols.

Com a vantagem, o Leão da Toca seguiu buscando mais tentos. Já o Leão da Ilha parecia estar atordoado e não marcava com precisão. Os defensores tiveram muito trabalho para impedir o avanço do Vitória até a meta defendida por Magrão.

O goleiro da agremiação pernambucana já havia feito defesas importantes, mas não conseguiu evitar o segundo gol dos baianos, marcado pelo zagueiro Kanu, aos 37 minutos, após o atacante David ter feito o passe.

O mandante passou a gostar do jogo e nos momentos finais da primeira etapa chegou a dominar as ações em campo. O ponto alto foi o gol marcado por Diego Souza, aos 45 minutos. Sport 1×2 Vitória.

No segundo tempo, o Rubro-Negro pernambucano voltou do mesmo modo que encerrou o período anterior – diminuindo as lacunas , tentando ajustar a marcação.

Muitos ataques e contra-ataques foram vistos pelos torcedores, mas os jogadores pecaram muito nas finalizações. Quando iam mais além, Fernando Miguel e Magrão evitavam o perigo.

Luxemburgo e Gallo fizeram suas substituições, mas quem teve êxito foi o treinador do clube visitante. André Lima foi o penúltimo a ser escolhido pelo comandante da equipe soteropolitana e também o autor do gol que fechou a conta no Recife, aos 33 minutos. Sport 1×3 Vitória.

Os momentos que seguiram até o fim não foram de grandes oportunidades para os times, que voltam a jogar no meio de semana.

O Vitória recebe o Santos, às 19h30, no Barradão, já na próxima quarta-feira (21). No mesmo dia, o Sport vai até Belo Horizonte e mede forças com o Atlético-MG, às 21h45, no Estádio da Independência.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *