Radar da Bola

Fulminante, Grêmio encaminha vaga a semi

Bastaram 32 minutos para o Grêmio, além de mais um gol no fim do jogo, ficar com as mãos na vaga para a semifinal da Copa do Brasil. Fato é que pela primeira partida contra Atlético-PR pelas quartas da competição de mata-mata, o Tricolor venceu o Furacão pelo placar de 4 a 0, em Porto Alegre. De quebra a equipe de Renato Portaluppi ainda dissipou o clima de desolação pela derrota em casa para o Corinthians, no último domingo, pelo Brasileirão.

O duelo de volta, marcado para a Arena da Baixada, será somente daqui a um mês. O Atlético-PR precisará vencer por cinco gols de diferença para passar de fase. Se devolver o placar de Porto Alegre, leva a decisão para os pênaltis.

As duas equipes voltam-se agora ao Brasileirão. No sábado, os gaúchos enfrentam o Palmeiras, às 16h, no Pacaembu. No mesmo horário, mas no domingo, o Furacão vai ao Recife jogar contra o Sport.

Primeiro tempo

Enquanto o Grêmio manteve o time que perdeu na mesma Arena no domingo, para o Corinthians, pelo Brasileirão, Eduardo Baptista decidiu manter Deivid no lugar de Lucho González e trocou Grafite por Pablo no ataque, com intuito de dar mais velocidade ao contra-ataque. Mas quem dominou foi o Tricolor. Com dois gols de Barrios, um aos 22 e outro aos 29, e outro de Kannemann, aos 32, os donos da casa encaminharam a vitória sem maiores sustos. Nem mesmo um tiro livre dentro da área adversária permitiu que o Furacão balançasse as redes.

Segundo tempo

No intervalo, Eduardo Baptista trocou Matheus Rossetto por Lucho González. E quem teve a primeira chance foi o Grêmio. Aos 13, Pedro Rocha tocou rasteiro para Barrios, no meio da área, bater fraco, de chapa, e Weverton segurou. A resposta veio no minuto seguinte, em chute de longe de Nikão sem maior perigo para Marcelo Grohe. A situação do Furacão ficaria ainda pior aos 18, quando Nikão recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 25, Ramiro finalizou na trave. Mas houve tempo até para mais um. Fernandinho avançou pelo meio e deixou Everton na cara do gol para fechar a goleada. Aos 43, Weverton salvou o quinto, após uma bomba de Edílson.

GRÊMIO 4 X 0 ATLÉTICO-PR – COPA DO BRASIL, QUARTAS DE FINAL

Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (SP), auxiliado por Rodrigo F. Henrique Correa (RJ) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Público: 28.138 / Renda: R$ 706.175,00

Cartões Amarelos: Maicon (Grêmio); Deivid, Nikão, Wanderson, Carlos Alberto (Atlético-PR)

Cartão Vermelho: Nikão (Atlético-PR)

Gols: Grêmio – Lucas Barrios (22’ e 29’/1T), Kannemann (32’/1T) e Everton (41’/2T)

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Rafael Thyere, Bruno Cortez; Michel, Arthur (Lincoln), Ramiro, Luan, Pedro Rocha (Fernandinho); Lucas Barrios (Everton). Técnico: Renato Portaluppi

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto (Lucho González) e Deivid (Carlos Alberto); Nikão, Douglas Coutinho e Pablo (Matheus Anjos). Técnico: Eduardo Baptista

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *