Radar da Bola

Em jogão, Grêmio e Cruzeiro empatam

Na noite desta segunda-feira (19), o Grêmio esteve muito perto de superar a equipe do Corinthians na liderança do Brasileirão, nesta oitava rodada. Em jogo contra o Cruzeiro – em pleno o Mineirão, o Tricolor esteve três vezes à frente do placar, porém cedeu o empate em 3 a 3. Com o placar, os gaúchos seguem na vice-liderança, com 19 pontos, um atrás do Corinthians. A equipe volta a campo na próxima quinta (22) diante do Coritiba na Arena, às 21 horas. No domingo, 25, o adversário será o Timão, às 16 horas, também em Porto Alegre. Já a Raposa, também na quinta, enfrenta a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 19h30 (de Brasília).

Primeiro tempo

O Cruzeiro começou em cima na partida, tentando fazer valer o mando de campo, mas com pouca precisão. O Grêmio buscava os contra-ataques com Luan e Pedro Rocha. Alisson, aos quatro, foi quem chegou com mais perigo, acertando a trave de Marcelo Grohe. Aos 15, porém, o Grêmio mostrou o porquê de estar bem na tabela. Em cobrança de escanteio, Kannemann desviou, a bola bateu na trave, e Everton aproveitou o rebote para marcar o primeiro gol. O Cruzeiro sentiu o gol sofrido e foi para cima. Thiago Neves e Rafael Sobis levaram perigo com chutes de fora. Aos 41, outro baque: após reclamação, Mano Menezes foi expulso do jogo. No lance seguinte, o segundo gremista. Luan cruzou na área, Everton recebeu e chutou cruzado para Michel completar para o gol. Não deu tempo do Tricolor comemorar. Aos 45, Kannemann afastou mal a bola, e Thiago Neves aproveitou para diminuir. Jogo ainda vivo e muita reclamação dos cruzeirenses na saída de campo.

Segundo tempo

O segundo tempo voltou como o primeiro: agitado. O Cruzeiro levantou as arquibancadas logo aos dois minutos. Rafael Sobis recebeu na área passe de Thiago Neves e chutou cruzado, empatando a partida. O Cruzeiro foi para cima em busca de uma virada que entraria para a história. Mas descuidou na retaguarda e sofreu o terceiro. Pedro Rocha partiu com velocidade, invadiu a área e chutou. Fábio espalmou, e Ramiro empurrou para o gol. Mas o Cruzeiro não desistia. Foi para cima e, três minutos depois, empatou de novo o jogo. Robinho triangulou com Sobis e Thiago Neves e chutou, balançando as redes de Marcelo Grohe: 3 a 3. As duas equipes mantiveram a postura ofensiva na partida e procurando o gol. Fábio ainda fez uma boa defesa em cabeceio de Everton na grande área. O Tricolor mostrou-se melhor até o fim da partida, em busca do quatro gol que lhe garantiria a liderança, mas foi impedido pela bravura cruzeirense no Mineirão. A Raposa deu último toque especial à partida, levantando o torcedor com uma bola no travessão de Elber, já nos acréscimos.

CRUZEIRO 3 X 3 GRÊMIO – BRASILEIRÃO 2017, 8ª RODADA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MS)
Arbitragem: Raphael, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (trio paulista)

Cartões amarelos: Rafael Sóbis, Diogo Barbosa, Robinho, Ezequiel e Léo (Cruzeiro); Ramiro e Michel (Grêmio).

Gols: Grêmio – Everton (15/1ºT), Michel (41/1ºT) e Ramiro (15/2ºT) / Cruzeiro – Thiago Neves (45/1ºT), Rafael Sóbis (2/2ºT) e Robinho (17/2ºT)

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Caicedo, Léo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva), Robinho (Ramon Ábila), Alisson e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Élber). Técnico: Mano Menezes

Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Pedro Geromel, Kannemann (Rafael Thyere) e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Maicon), Ramiro, Everton e Pedro Rocha (Fernandinho); Luan. Técnico: Renato Portaluppi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *