Radar da Bola

Coritiba aumenta jejum de vitórias e deixa o G6 do Brasileirão

A Raposa colocou fim em sua sequência negativa, deixando o time paranaense amargar cinco jogos sem triunfos e quatro sem marcar gols

Nos planos do Coritiba a soma dos 18 pontos nas 10 primeiras rodadas do Brasileirão era a meta. Mas para que isso pudesse acontecer, a equipe alviverde tinha como obrigação vencer o Cruzeiro, após a última derrota, contra o Grêmio. Mas o Coxa falhou novamente em sua defesa, e perdeu a partida por 2 a 0. Os dois gols da equipe cruzeirense ficaram por conta de Thiago Neves e Rafael Sóbis.

Rafael Sóbis marca segundo gol da partida e decreta vitória da equipe mineira

O Verdão até mandou algumas bolas na trave no primeiro tempo da partida, mas a defesa bobeou e deixou espaço livre pelo lado direito, onde o Cruzeiro fez a jogada de seu primeiro gol. No segundo tempo, Rafael Sóbis recebeu um longo lançamento, aproveitou mais um espaço dado, até driblou o goleiro Wilson, antes de carimbar as redes e garantir os três pontos para a equipe mineira.

Com o resultado, o Coxa caiu três posições e agora é o oitavo colocado, com 15 pontos. A preocupação começa a bater, já que o Coxa encontra-se num jejum de vitórias, após um começo de Campeonato que parecia despontar para a conquista da competição.

Coritiba perde grandes chances e deixa adversário abrir placar

O Cruzeiro começou a partida com a tradicional pressão inicial, mas o Coritiba conseguiu igualar na marcação e equilibrar o jogo. O time mineiro colecionou trapalhadas e erros em sua defesa e sofreu muito nas bolas paradas, principalmente nos escanteios.

Repetindo os erros da partida anterior, o Coritiba sofreu grandes dificuldades para conseguir chegar até o ataque nos primeiros minutos da partida, quase sofrendo o gol aos 19’. Diogo Barbosa recebeu passe de Thiago Neves, chutou com força da intermediária e mandou a bola bem próxima da trave do goleiro Wilson. Após toda a pressão sofrida no começo do jogo, a equipe coxa-branca conseguiu se encontrar em campo, levando muito perigo, principalmente nas bolas paradas.

Aos 23’, Tiago Real cobrou escanteio direto para a área, Werley desviou de cabeça e a bola passou raspando na trave de Fábio. Já aos 26’, a mesma jogada aconteceu, mas desta vez a cabeçada do zagueiro Werley parou no travessão. O Verdão acabou aproveitando a instabilidade do Cruzeiro em campo e teve mais uma chance para sair na frente, aos 31’ com Tiago Real, mas o meia apenas assustou, chutando muito próximo da meta.

O momento era melhor para a equipe Alviverde, mas em um vacilo da defesa no lado direito, aos 37’, Diogo Barbosa avançou em velocidade, tocando para Thiago Neves que estava livre de marcação, e acabou mandando no canto direito, colocando o Cruzeiro na frente do placar.

Cruzeiro amplia placar e garante vitória

Na volta para a segunda etapa da partida, o Coxa não manteve a mesma postura, vendo um Cruzeiro com mais pressão, buscando desde o primeiro minuto a ampliação da vantagem. O goleiro Wilson se tornou novamente o grande nome do alviverde, salvando três vezes seguidas o Coritiba. Logo aos 2’, em arremate de Sóbis e no rebote de Robinho, Wilson defendeu e impediu o segundo gol.

Na sequência, em grande jogada de Thiago Neves, Robinho bateu a bola direto para mais uma grande defesa do goleiro alviverde. Aos 7’, Rafael Sóbis recebeu dentro da área, chutou com força e Wilson salvou mais uma vez. Mas o Cruzeiro queria o segundo gol, e tanto insistiu que conseguiu ampliar o marcador. Aos 16’ Rafael Sóbis recebeu lançamento do campo de defesa, driblou o goleiro Wilson e chutou no canto esquerdo, confirmando a vitória cruzeirense.

O Cruzeiro terá um desafio pela Copa do Brasil contra o Palmeiras, na quarta-feira, às 21h45, na Arena Palmeiras. O Coritiba descansa durante a semana e só volta a jogar contra o Vasco no domingo, 19h, no Couto Pereira. No mesmo dia, porém às 16h, o Cruzeiro encara ninguém menos que o maior rival, o Atlético-MG, no Independência.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 2 x 0 Coritiba

CRUZEIRO (4-5-1): Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero (Hudson), Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves e Alisson (Rafael Marques); Rafael Sóbis (Sassá)

Técnico: Mano Menezes.

CORITIBA (4-3-3): Wilson; Léo, Werley, Márcio e William Matheus; Jonas, Matheus Galdezani (Tomas Bastos) e Tiago Real; Rildo (Iago Dias), Henrique Almeida (Getterson) e Alecsandro

Técnico: Pachequinho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *