Radar da Bola

Corinthians vence Vasco de goleada, e garante liderança

Em jogo emocionante, a partida em São Januário começou nervosa, e logo no primeiro minuto Kelvin recebe uma bolada de Paulo Roberto, cai de mau jeito e a equipe médica precisa entrar em campo. Ao cair, Kelvin acaba sentindo uma torção no joelho, e deixa o gramado chorando. A cena deixa o clima ainda mais tenso, e enquanto o Vasco analisa a situação, o Timão vai para o ataque, e aos quatro minutos, abre o placar.

O gol começou nos pés de Clayson, que deu o passe perfeito para Guilherme Arana. O jogador cruza do meio da área, Marquinhos Gabriel pega de primeira, e manda direto para a rede. Corinthians 1 a 0. Do lado do Vasco, sem condições de voltar para a partida, Kelvin precisou ser substituído, e o atacante Manga Escobar entrou em campo. A torção no joelho foi confirmada, e a situação do jogador é delicada.

Desfalcado, o Corinthians entrou em campo sem Fagner, Rodriguinho e Romero, mas a ausência dos três não atrapalhou o desempenho do Timão, que após uma passada de bola perfeita de Marquinhos Gabriel, Jô dribla Martín Silva e manda direto pro gol, ampliando o placar. Corinthians 2 a 0. O árbitro ainda dá dois minutos de acréscimo, mas o tempo extra só faz a torcida vascaína ficar ainda mais impaciente, e gritar o nome de Nenê.

Na volta dos vestiários, o Vasco vem com modificações, a torcida pediu, e Nenê entra em campo no lugar de Gilberto. O meio de campo já começa correndo atrás da bola, e após uma dividida, sofre falta. Ele cobra, Luis Fabiano se antecipa e de cabeça marca para o Vasco. A torcida ainda comemorava o gol quando Luis Fabiano surpreende. Após cobrança de escanteio, o centroavante leva a melhor contra Pablo, e empata. Vasco 2, Corinthians 2.

O empate mudou o clima em campo. A torcida explode nas arquibancadas, enquanto o Vasco pressiona no ataque. O Timão se segura, e após um deslize do Vasco, Clayson manda uma bola perfeita para Maycon, que desempata. O jogo segue pesado, os times marcam muitas faltas, e o cansaço começa a ser evidente. O Vasco parece sentir mais, até que Clayton aproveita uma bobeira da zaga e chuta, a bola ainda desvia em Pikachu e entra. Corinthians 4 a 2.

O placar esticado no finalzinho esfria o jogo, o Vasco tenta com Luis Fabiano, mas faltam as pernas e o time não consegue chegar ao gol. O Corinthians aproveita o desequilíbrio dos cariocas e marca mais um com Clayton. A goleada garante a liderança isolada na tabela para o Timão, com 13 pontos, os paulistas seguem com ótimo aproveitamento. Do lado do Vasco, o time sai de campo cabisbaixo, e já pensando no próximo confronto, marcado para o dia 10/06 contra o Sport, que venceu o Flamengo, e está em nono.

Curiosidades sobre o jogo

Na torcida, além de uma grade, a organização tratou de colocar uma lona preta para que os torcedores sequer se olhassem. É mais uma tentativa de manter a paz nas arquibancadas. Outro detalhe da partida diz respeito aos visitantes. Após o título de 2015, essa era a primeira vez do Timão em São Januário, e o retorno fez bem ao cube, que mais uma vez, mostrou superioridade contra os donos da casa.

Uma das curiosidades mais interessantes do duelo entre Corinthians e Vasco tem relação com os capitães das equipes. Jadson e Luis Fabiano foram parceiros no São Paulo e no Tianjin Quanjian, em um daqueles encontros marcantes no mundo da bola. Luis Fabiano por sua vez, ampliou a lista de gols contra o Timão. Agora são 13 gols na carreira contra o Corinthians, e 12 contra o Vasco. O saldo melhorou, e muito!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *