Radar da Bola

Avassalador ! Real Madrid não toma conhecimento da Juve e levanta o seu 12° título europeu

Diferente de todos os prognósticos pré jogo, a partida começou com a Juve partindo para cima do Real. Antes dos dez minutos de jogo, o time bianconero teve a chance de abrir o placar por duas vezes. Na primeira, Higuaín chutou forte da intermediária, mas a finalização foi no meio do gol e Navas fez a defesa sem muita dificuldade. Logo na sequência, Pijanic pegou rebote na meia lua, dominou no peito e deu uma linda finalização para um ótima defesa de Navas. Apos os sustos, o real entrou na partida e passou a dominar o meio de campo, e logo na sua primeira chegada foi fatal. Ronaldo tabelou com Carvajal, que cruzou rasteiro para CR7 finalizar de dentro da área de primeira para abrir o placar. O português ainda contou com um desvio de Bonucci, tirando qualquer chance de defesa de Buffon.

Apesar de ter marcado um dos gols mais bonitos nas finais de Champions, Mandzukic não conseguiu evitar a derrota da Juve. (Foto: Divulgação)

A Juventus​ sentiu bastante o gol sofrido e não conseguia chegar com perigo ao gol espanhol,  por sua​ vez, os merengues apesar de dominar a partida, não ameaçava a Vecchia Senhora. Até que aos 26 minutos, após cruzamento de Alex Sandro, o domínio errado de Higuaín serviu de passe para Mandzukic. O croata dominou no peito e acertou uma linda bicicleta, encobrindo Navas e empatando a partida. Com o empate, os dois times diminuíram o rítimo levando o placar igual para o intervalo.

Na segunda etapa, a partida foi totalmente diferente do primeiro tempo. O Real partiu para o abafa e encurralou a Juventus no campo defensivo. Atordoado na partida, o time italiano não conseguia acertar nenhum contra ataque, até que aos 15 minutos, Casemiro acertou um chute forte de fora da área. A bola desviou em Khedira e, o toque matou Buffon que não conseguiu chegar na bola, morrendo no canto direito do goleiro italiano.

Mesmo com a vantagem, os merengues seguiram pressionando e após cochilo da zaga bianconera, CR7 de novo marcou para os espanhóis, fazendo 3 a 1 e deixando o 12° título muito próximo de Madrid. Com o terceiro gol sofrido, a Juve ficou entregue na partida e, teve sua situação piorada quando o Juiz viu um esbarrão de Cuadrado em Sérgio Ramos, em um lance totalmente involuntário, o árbitro considerou que o colombiano atingiu propositalmente o zagueiro e expulsou Cuadrado. Com uma a menos o time de Allegri só aguardava o fim da partida, mas os merengues queriam mais. Marcelo fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou para Asenjio empurrar para o gol, decretando o 12° título Madrileno. Real 4 a 1.

Com os dois gols marcados hoje, Cristiano Ronaldo cehgou à artilharia da Champions, com 12 gols marcados ( Foto: Javier Soriano)

Em menos de 2 anos à frente do Real Madrid, Zidane conquista sua segunda Champions, marcando de vez seu nome na história do clube merengue. Já a Vecchia Senhora sofreu mais gols na final (4), do que em toda competição (3).

 

Por: Douglas Wandekochen

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *