Radar da Bola

São Paulo vence Choque-rei e amplia tabu

O Choque – rei deste sábado (27), aconteceu no Morumbi, às 19h e terminou com a vitória do São Paulo pra cima do Palmeiras, por 2 a 0. Com o resultado positivo, o time de Rogério Ceni manteve o tabu de não perder para o Verdão há 15 anos. Os gols da partida foram de Lucas Pratto e Luís Araújo. Os mesmo que marcaram contra o Avaí.

A partida válida pela terceira rodada do Braseirão, passou longe de ser emocionante. O primeiro tempo contou com apenas uma chance de gol para cada lado. Nada mais.

No segundo tempo a partida tomou outro rumo, apesar do começo ruim.

Aos 17 minutos Marcinho jogou a bola nas costas de Michel Bastos, para Lucas Pratto, que não desperdiçou e abriu o placar.

Quatro minutos depois, Jucilei cometeu pênalti em Jean. Ele mesmo foi para a cobrança e desperdiçou.

Se encaminhando para o final da partida,Cuca tirou Felipe Melo e colocou Borja. A pressão ate aumetou, mas o empate não veio. Pelo contrário, o Tricolor aumentou a vantagem com Luís Araújo. O atacante recebeu ótimo passe de Pratto e bateu na saída de Prass.

Com a vitória, o time de Rogério Ceni foi para terceira posição com três pontos. Já o Palmeiras, caiu para 12°.

Festa debutante, para o Palmeiras?

Após a vitória do São Paulo sobre o Palmeiras, a internet foi tomada por memes dizendo que o time alviverde deveria fazer uma festa de comemoração, pois já são 15 anos sem ganhar do Tricolor, na sua casa.

Ficha Técnica:

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo

Data: 27 de maio de 2017, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior, ambos do RS
Renda: R$ 850.581,00
Público: 33.288 pagantes
Cartões amarelos: Rodrigo Caio e Thomaz (São Paulo); Mina (Palmeiras
SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Lucão, Rodrigo Caio e Maicon; Marcinho, Jucilei, Cícero e Júnior Tavares; Cueva (Thomaz), Lucas Pratto (Militão) e Luiz Araújo (Chávez)
Técnico: Rogério Ceni

Gols: Lucas Pratto e Luís Araújo.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mina, Felipe Melo (Borja) e Juninho; Mayke; Tchê Tchê, Jean, Guerra (Keno) e Michel Bastos; Dudu e Willian (Róger Guedes)
Técnico: Cuca

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *