Radar da Bola

Maré boa continua no Alto da Glória

Em noite de estreias, o Coritiba goleia o Atlético-GO por 4×1 e dá (bom) pontapé inicial no Campeonato Brasileiro 2017

O campeão Paranaense 2017 começou com todo o gás sua trajetória no Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, o Coritiba pôde contar com a estreia inspiradora do meia Tomas Bastos e a noite desastrosa do goleiro Kléver. Todos esses ingredientes resultaram em uma goleada por 4 a 1 sobre o Atlético-GO.

O ataque alviverde já começou a definir a vitória na primeira etapa do jogo. Henrique Almeida e Neto Berola souberam aproveitar duas falhas do goleiro alvinegro para abrir o placar de vantagem para o Coxa. O segundo tempo serviu para Walter descontar para o Atlético-GO, porém demorou pouco tempo para Tomas Bastos marcar duas vezes (em cobrança de falta) e garantir a goleada.

Vantagem logo de cara

O Coritiba começou a partida todo ofensivo. Logo aos 2’, Matheus Galdezani recebeu passe de Kleber na entrada da área, mas mandou por cima do gol. Em cobrança de falta, nova tentativa do volante aos 7’. Mas dessa vez o goleiro Klever espalma para o lado. O Coxa se mostrava mais criativo, indo para cima do time adversário e buscando o jogo.

Mesmo que timidamente, o Atlético-GO tentava a busca pelo gol. Aos 14’, em um vacilo de Walisson Maia, Walterson roubou a bola e bateu para o gol, exigindo grande defesa do goleiro Wilson. Isso comprovava que, após 10’ de domínio total do Coritiba, o jogo mudava de figura e se mostrava um pouco mais disputado. O time da casa propunha o jogo, e a equipe goiana jogava n contra-ataque.

Aos 21’ uma jogada polêmica impossibilitou que o Coritiba ampliasse o placar. O zagueiro Ricardo Silva cortou a jogada com os braços abertos, mas o árbitro não marcou penalidade máxima. Na sequência o Coxa continuou buscando o gol, até que conseguiu aos 31’. Em ótima enfiada de bola de Neto Berola para Henrique Almeida, o chute foi por debaixo das pernas do goleiro, sem chance de defesa.

A festa ficou completa quando, aos 35’, Kleber fez um belo passe para Neto Berola chutar com força de fora da área. A bola quicou e o goleiro Klever falhou, para a alegria da torcida coxa-branca. Aos 36’ o time goiano ainda tentou descontar o placar, quando Everaldo recebeu na área, limpou a marcação e bateu colocado para balançar as redes. Mas o árbitro assinalou o impedimento.

Vitória vira goleada

Os primeiros minutos da segunda etapa serviram para o goleiro Wilson trabalhar mais. O Atlético-GO buscava a todo custo o gol, e depois de duas tentativas, a terceira não parou nas mãos do goleiro alviverde. Aos 17’, Walter aproveitou a bola levantada na área nas costas de Dodô e finalizou com estilo a jogada. O atacante bateu de primeira e surpreendeu o goleiro do Coritiba, descontando o placar.

Mas a alegria da equipe goiana durou pouco. Aos 20’ o estreante Tomas Bastos cobrou falta com maestria, batendo de canhota. A bola ainda foi no travessão, mas entrou pro fundo do gol. A noite de estreia do Coxa e do meio campista Tomas Bastos ainda tinha um toque final para ser espetacular, e isso aconteceu aos 25’, em mais uma cobrança de falta perfeita. Ele cobrou de muito longe e com muito efeito para marcar o segundo gol dele na partida.

Com essa goleada de estreia, o Coritiba finzalizou sua participação na primeira rodada do Brasileirão na 4ª colocação, com 3 pontos. Agora, o time do Alto da Glória arruma as malas e se prepara para dois jogos longe de casa: contra o Santos, na Vila Belmiro, e Vitória, na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA

Coritiba 4×1 Atlético-GO

CORITIBA (4-3-3): Wilson; Dodô, Walisson Maia, Werley, William Matheus; Alan Santos (Jonas), Matheus Galdezani, Anderson (Tomas Bastos); Henrique Almeida, Neto Berola (Getterson) e Kleber

Técnico: Pachequinho.

ATLÉTICO-GO (4-3-3): Kléver; Eduardo, Roger Carvalho, Ricardo Silva e Bruno Pacheco; Marcão, Igor (Andrigo), Everaldo, Jorginho (André Castro) e Walterson (Júnior Viçosa); Walter

Técnico: Marcelo Cabo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *