Radar da Bola

Figueirense vence o Náutico e segue 100%

O figueirense voltou a jogar em casa, e não foi apenas o novo uniforme apresentado ao torcedor do Figueirense, mas também o novo time. Além de tudo isso, pode-se ver também um novo sentimento do alvinegro das arquibancadas ao verem os do campo. O time alvinegro teve também um novo motivo para comemorar, o time conseguiu conquistar duas vitórias seguidas. O jogo teve direito a golaço de Robinho, boas jogadas e domínio amplo do time, e com tudo isso o Figueira venceu o Náutico por 3 a 0. A exibição rendeu o 100% nestas duas primeiras rodadas e até a liderança compartilhada na Série B do Campeonato Brasileiro.

E foi logo aos 2 minutos que a primeira jogada aguda terminava com uma penalidade máxima clara não assinalada pela arbitragem e uma falta frontal batida com força que passou colada na trave adversária. E foi bem cedo que o Figueirense animou a grande parte dos 3.735 torcedores que foram ver o primeiro jogo no Orlando Scarpelli na Série B do Campeonato Brasileiro. Com 8 minutos de jogo, a investida em velocidade e bem trabalhada, que terminou com a finalização de Luidy e defesa de Jefferson, arrancou aplausos. E foi com 11 minutos de jogo que os torcedores soltaram o grito de gol, Dudu foi no fundo e fez o balão ir para o miolo da área, a bola quase passa todo mundo, mas não por Jorge Henrique. O camisa 10 aplicou o carrinho na bola e ela foi para o fundo do gol. Após o gol o jogo ficou mais calmo, apenas com contra ataques e o Náutico só respondeu aos 29, quando o bloqueio do arremate de Maylson sobrou para Cal obrigar a participação de Thiago Rodrigues, espalmando a bola. E foi então que aconteceu um golaço daqueles que faz torcedor pagar o ingresso duas vezes ! Robinho recebeu no lado esquerdo e avançou em diagonal, aplicou caneta, deixou dois marcadores para trás e seguiu veloz até a risca da grande área, e com um mandou uma “bomba” ao goleiro do Timbu. Golaço do 2 a 0 ainda no 1° tempo.

O jogo ficou ainda mais favorável aos mandantes quando volante Darlan foi expulso aos 4 minutos da etapa complementar. Com um a mais e 2 a frente no placar, o Figueirense dominava a partida e tomou conta do campo de ataque com presença e marcação justa nos defensores.Aos 28 minutos da etapa final de jogo, Robinho fez uma boa jogada e deu um passe para Henan, que tocou na saída de Jefferson e marcou o terceiro para o Figueirense, fechando o placar no Orlando Scarpelli.

O Figueirense volta a jogar na terça-feira. Fora de casa, o Furacão encara o Guarani, às 21h30min, no Brinco de Ouro, em Campinas. O compromisso do Náutico na terceira rodada será no sábado, às 16h30min, diante do Ceará. O confronto será na Arena Pernambuco.

Ficha técnica

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Dudu, Leandro Almeida, Bruno Alves e Iago (Julinho); Zé Antônio, Dudu Vieira e Jorge Henrique (Renan Mota); Robinho (Clebson), Henan e Luidy. Técnico: Márcio Goiano.

NÁUTICO: Jefferson; David (Joazi); Tiago Alves, Nirley e Manoel; Darlan, Rodrigo Souza (Ananias), Cal Rodrigues (Alison) e Maylson; Erick e Anselmo. Técnico: Waldemar Lemos.

GOLS: Jorge Henrique, aos 11 do primeiro tempo, Robinho, aos 31 do primeiro tempo, e Henan, aos 28 do segundo tempo (F).

CARTÕES AMARELOS: Darlan e Maylson (N).

EXPULSÃO: Darlan (N).

ARBITRAGEM: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Wendel de Paiva Gouveia e Thiago Rosa de Oliveira (todos do RJ)

PÚBLICO E RENDA: 3.735 torcedores (total), para uma renda de R$ 78,840,00

LOCAL: Orlando Scarpelli (Florianópolis)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *