Radar da Bola

Após 5 anos, Real Madrid volta a conquistar o Espanhol

Com gols de Cristiano Ronaldo e Benzema, o Real Madrid venceu o Málaga fora de casa e conquistou seu 33º campeonato espanhol. A conquista significou o fim do jejum: 5 anos sem levantar o troféu mais importante da Espanha, o último foi em 2011/12.

O Real Madrid entrou em campo com a necessidade de um ponto para conquistar o campeonato. O início do jogo foi fulminante pois, aos 2 minutos, Isco em ótima fase deu belo passe para Cristiano Ronaldo, o português driblou Kameni e mandou para as redes. CR7 anotou seu 24º gol no torneio

Ronaldo terminou a competição com 24 gols (3ª posição dos artilheiros do torneio)

O duelo contra o Málaga foi difícil. Keylor Navas mostrou sua importância em jogos decisivos, em cobrança de falta de Sandro, o goleiro voou para impedir o gol do espanhol. O jogo estava bem disputado, Cristiano Ronaldo poderia ter anotado seu segundo gol, mas parou em Kameni após finalização na pequena área. Sandro voltou a assustar a meta madrilenha. Em um chute cruzado, a bola desviou em um jogador de seu time e passou próximo do gol.

O Real voltou a ter boa chance aos 35, em arremate de Kroos, Kameni fez a defesa em dois tempos, tirando dos pés de Benzema. Se o gol no primeiro tempo foi rápido, no segundo tempo não foi diferente. Em cobrança de escanteio, Sergio Ramos cabeceou para o chão para defesaça de Kameni, a bola desviou em Varane e Benzema em posição irregular mandou pro gol, ampliando para 2 a 0.

O Málaga não se intimidou com a vantagem e em cobrança de escanteio, obrigou Navas fazer mais uma boa defesa. Com o título nas duas mão, o Real fez mais um gol mas, foi bem anulado. Se no segundo gol não foi marcado o impedimento de Benzema, desta vez, o bandeira viu o francês em posição irregular após cruzamento de James Rodríguez.

O grito de campeão já estava tomando o estádio La Rosaleda. Antes do término da partida, o Málaga parou novamente em Navas e viu Morata parar em Kameni.

A vitória consagrou o 33º título espanhol ao Real Madrid, o maior campeão nacional. O time da capital espanhola terminou a competição com 93 pontos (três a frente do Barcelona), com 29 vitória, 6 empates e apenas 3 derrotas. Foi o 5º título de Zidane como os merengues, em menos de dois anos como técnico e poderá levantar o sexto. O Real terá mais um compromisso antes do término da temporada, o mais importante. A final da Champions League, diante da Juventus, dia 3 de junho, no País de Gales.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *